ACESSE

Justiça revoga prisão domiciliar de Roger Abdelmassih

Telegram

A juíza Andréa Barreira Brandão, da 3ª Vara de Execuções Criminais da Comarca de São Paulo, revogou nesta quinta-feira o benefício da prisão domiciliar para Roger Abdelmassih.

O ex-médico foi condenado a 173 anos de prisão por ter estuprado 37 mulheres.

Após analisar os resultados de uma perícia médica, a juíza entendeu que “o réu está em condições de fazer seu tratamento de saúde na modalidade ambulatorial e que, por isso, ele pode cumprir a pena na prisão, em regime fechado”.

Como parte da militância virtual bolsonarista se instalou em cargos públicos pelo Brasil -- remunerada pelo estado.. Mais aqui

Comentários

  • Guilherme -

    A questão é que a impunidade deste médico vai leva a mais casos de abusos! Assim como a impunidade dos criminosos do colarinho branco leva a mais corrupção!

  • Maria -

    Excelente notícia! Deus é pai!

  • Renata -

    Incrível como bandidos neste país sempre recebem regalias e sentenças cheias de indultos. Demorou mas pelo menos este voltou pra prisão. Se fosse político, continuaria em casa!

Ler 20 comentários