Justiça suspende PPP da iluminação em São Paulo

O juiz Alberto Alonso Muñoz, da 13ª Vara da Fazenda Pública, suspendeu o contrato da PPP (parceria público-privada) da iluminação da cidade de São Paulo.

Muñoz concedeu a liminar em ação popular movida em decorrência dos áudios envolvendo a então diretora do Ilume, Denise Abreu, que sugerem pagamento de propina pelo consórcio vencedor da licitação, o FM Rodrigues.

João Doria já havia demitido Abreu e suspendido a licitação, medida que o juiz considerou insuficiente –por isso a suspensão do contrato (de R$ 7 bilhões, com validade de 20 anos). Cabe recurso da sentença.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. E o Bruno Covas vai mexer no trânsito de São Paulo, extinguir as ciclovias, sincronizar os semáforos, aumentar velocidades, reformular os corredores, etc ou vai continuar sendo bun dão quanto seu ex-chefe?

Ler mais 14 comentários
  1. E o Bruno Covas vai mexer no trânsito de São Paulo, extinguir as ciclovias, sincronizar os semáforos, aumentar velocidades, reformular os corredores, etc ou vai continuar sendo bun dão quanto seu ex-chefe?

  2. Quer dizer antes não fazian nada, como e o caso da m***@ da Receita federal q o meliante tem aumento de 200% no seu patrimonio e a dita pega os tecibos medicos de 50 reais a mais! E agora vão acabar com a PPP ( não q eu seja a favor, sou contra essa mescla, tudo q tem governo é sinonimo de falcatruas!) nas acabar com todo o processo, ao inves da empresa e das pessoas ligadas, somente se for provado q o valor e superior, aliás isso foi feito no PAN, na COPA, e na Olimpíadas do Cocô, e denovo não fizeram nada, alias todas as obras são superfaturadas! Eu falo tudo q o giverno põe o pitaculo e para sacanear não presta!!

  3. Denise Abreu é aquela “amiga” do Olavo de Carvalho, os quais faziam teleconferências na internet contra a corrupção?

  4. Fui pesquisar no Google por que achei que podia estar enganado. Mas, não estava. A moçoila em questão é a mesma “charuteira” da Anac. O Dória pirou mesmo.

  5. Quem indicou esse secretario ao Dória ??? Ate quando esse tipo de gente vai ser indicado a cargos públicos para ficarem roubando pra campanhas de seus comparsas.

  6. Quanto dá 5% sobre SETE BILHOES? Seriam 350 MILHOES DE REAIS?
    Quem ganhasse esse percentual poderia abrir de salario publico? Faria falta?

  7. Tempos atrás, quando corria o caso ANAC. Essa mulher era figurinha fácil nas redes sociais. Depois sumiu, eu nem mais me lembrava dela! Pra variar, Doria “demitiu” porque “não sabia” que tinha vício no contrato? Ninguém nunca sabe de nada, né? Os chefes de executivo sempre indicam as pessoas mais desonestas para gerirem contratos públicos e nunca sabem! Incrível! Mas cai naquilo que Bolsonaro sempre critica: o toma-lá-dá-cá. A mulher apoiou Doria e ganhou cargo. Taí o resultado!

  8. Eu participei de várias etapas dessa licitação, desde seu início em novembro de 2013 até meados de 2015, quando o TCM se meteu, tiraram garantias, coisas desse tipo, que afastaram muitos interessados. Quando a licitação foi retornada, só restavam 2 concorrentes. Posso dizer que atende o velho ditado: PAU QUE NASCE TORTO MORRE TORTO.

  9. Jair Bolsonaro deveria fazer um acordo com Doria e abidicar da candidatura em nome do país. Acho Doria , a melhor solução para o país, ele só precisa sair do psdb. Antes de chingararem… Doria é o único candidato que não recebe salário por ser político. Apesar de ele nao ser um amante das armas e nao ter cumprido a promessa de terminar o mandato.É inegável que ele é competente, mesmo q não seja um conservador ou socialista, apesar de os dois lados, direita e esquerda o jogarem, um para o outro. Não digo que temos que ter um presidente de centro. Ate pq sou conservador e minha análise não é ideológica. O q acham? Sem chingamentos , por favor … disso o PT é especialista. A pergunta é para os conservadores e até a esquerda que não apoia corruptos e não são lunáticos zumbis andarilhos?! Com

  10. AGORA temos toda a dimensão da BANDIDAGEM no STF, se trata dos seguintes ministros:
    – Dias Balas Tófolli
    – Ricardo Lewandouísque
    – Gilmar Beiçola Mendes
    – Marco Aurélio Mello do PT…

  11. Se a licitação foi suspensa, é desnecessário suspender o contrato.

    O efeito é nulo. Aliás, o juiz aparece.

    1. Acho que você não entendeu. A empresa continuava a oferecer os serviços para a prefeitura e a receber os valores acordados, mesmo com a licitação suspensa. Insuficiente foi a decisão de só suspender a licitação sem suspensão do contrato vigente da mesma com a prefeitura.
      O próprio antagonista lembro isso um tempo atrás.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.