Maconha no carro do filho da desembargadora, um ano depois

Cães farejadores encontraram hoje em Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul, vários tabletes de maconha escondidos no carro apreendido com Breno Borges quase um ano atrás, informou o G1.

Breno é o filho da desembargadora do TJ-MS Tânia Borges, acusada de pressionar o presídio de Três Lagoas a libertá-lo ainda antes da chegada do alvará de soltura.

Quando Breno foi preso e teve o carro apreendido, em abril de 2017, os policiais acharam 130 kg de maconha que estavam numa carreta de transporte de motos engatada ao veículo, além de 200 munições de fuzil e uma arma.

Hoje, os cães farejadores encontraram outros nove tabletes de maconha, que pesaram quase 9 kg, em compartimentos dentro do para-choque e das lanternas do veículo.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Bom Negocio para filhos de Desembargadores é o Trafico de Drogas que se Blinda com Tarafico de Influencias !
    Essa Desembargadora deve ser daquelas que julgam com Isenção , depois, solidaria, deve fazer muitas doações para Institutos de Desenvolvimento da Cultura do Direito tipo Gilmar Mendes, tudo Legalmente Contabilizado !
    Somente as atividades Legais se prestam ao crime de Lavagem de Dinheiro !
    Exatamente por serem legais é que lavam o produto do Ilicito !
    O Filho da Desembargadora deve iniciar um Movimento contra O TRABALHOI ESCRAVO de traficantes !
    Uns roubam outros transportam outros lavam e outros usufruem !
    É um Crime ORGANIZADO !

Ler mais 46 comentários
  1. Bom Negocio para filhos de Desembargadores é o Trafico de Drogas que se Blinda com Tarafico de Influencias !
    Essa Desembargadora deve ser daquelas que julgam com Isenção , depois, solidaria, deve fazer muitas doações para Institutos de Desenvolvimento da Cultura do Direito tipo Gilmar Mendes, tudo Legalmente Contabilizado !
    Somente as atividades Legais se prestam ao crime de Lavagem de Dinheiro !
    Exatamente por serem legais é que lavam o produto do Ilicito !
    O Filho da Desembargadora deve iniciar um Movimento contra O TRABALHOI ESCRAVO de traficantes !
    Uns roubam outros transportam outros lavam e outros usufruem !
    É um Crime ORGANIZADO !

  2. Mãe protetora de filho bandido. E de novo não vai dar em nada.
    Aí eu me pergunto: Onde está o CNJ nesta hora? Ah, já sei, aprovando os penduricalhos e auxílios diversos da classe trabalhadora, de juízes, viu?

  3. A pergunta é : o CNJ já exonerou a Desembargadora ?
    Ou foram corporativistas e preferiram conviver com uma corrupta (e possivelmente traficante de drogas) do que cortar na própria carne ?

  4. Um ano pra descobrir essa quantidade de maconha? Das duas uma: ou a polícia e a justiça são muito ordinárias no lugar, ou a maconha foi plantada!

    1. A jurisprudência dos Tribunais não aceita essa nova descoberta como prova, uma vez que não ocorreu quando da apreensão do veículo e da realização da primeira perícia.

    1. Eu nem me incomodo de pagar a aposentadoria da desembargadora! Processo disciplinar na mãe do Breno! Uma a menos a constranger policiais no exercício da função.
      Que bom que essa notícia seja publicada no oito de março. Serve para mostrar que abuso de autoridade não tem sexo.

  5. playbozada de classe média é tudo ladrãozinho. eu conheço mais ladrão de classe média e classe média alta do que cara que é pobre. os meus amigos pobres somente um ou outro é ladrão, o resto é tudo trabalhador e estudante (ou os dois). já os playboy faz facú mas rouba, vende cocaina/maconha/bala, vive metido em uns pu.ta r0l0. uns playboy tudo arr0mbado, paunokú mesmo. mas a policia nunca entra nos condominios deles… já na casa dos pobres….

  6. É como disse o Juiz Fábio Prieto, ex-presidente do TRF3: A estrutura de controle do Judiciário, com seus quatro conselhos – Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Conselho da Justiça Federal (CJF), Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) é um desperdício de dinheiro público. Somados os quatro conselhos de Justiça, o Brasil deve ter um dos maiores e mais caros sistemas de controle e fiscalização judiciária do mundo. Com tal fragmentação, os órgãos são necessariamente disfuncionais, com decisões contraditórias e inconciliáveis. O resultado é claro: “Passados 13 anos, com custos econômicos astronômicos, estes conselhos não zelaram, sequer, pela fixação do teto salarial, pois sua composição é vulnerável ao corporativismo. Na mosca!

  7. Todo mundo criticando o moleque (que merece) sem se dar conta que O ABSURDO É A POLÍCIA LEVAR UM ANO (UM ANO, UM ANO,UM ANO!) PARA ACHAR NOVE QUILOS (NOVE QUILOS, NOVE QUILOS, NOVE QUILOS) DENTRO DE UM CARRO APREENDIDO.
    A competência de grande parte de nossos funcionários públicos é mesmo impressionante.
    . .
    Brasil país do futuro que não chega e jamais chegará

    1. Não seja distraído leia o texto pois já havia sido aprendido muito mais a tempo. Isto foi um restinho que pouco conta.

  8. Vcs esqueceram de acrescentar que, a desembargadora é a atual presidente do tribunal regional eleitora, e vai comandar as eleições de 2018 com todo esse cabedal de denuncias. Acredita quem quiser?.

  9. A importância de estipular limites para educar nossos filhos em casa para que a rua não tome esta iniciativa.E preferível o choro de uma criança diante ver uma negativa dos pais, do que estes jesmis país chorarem mais tarde.Esta desembargadora,,usou pra chegar nesta posição,luta como uma leoa para proteger o filho, este não corresponde e ela através de atitudes transloucadas tona determinado tipo de atitudes que as levarão a persa do cargo.Agora é tarde lamentavelmente.uma família destruída.

  10. pu £@ que P@£¥u !!!!!
    CADÊ a p**ra do CNH que não ainda não colocou essa desqualificada CRIMINOSA travestida de Desembargadora na CADEIA!!! Tem que cortar na própria carne. Tem de dar o bom exemplo. Tem de cumprir a LEI.

  11. Aahh esqueci que não somos um narco estado e também uma cleptocracia.
    Somos, na verdade, uma pais tropical abençoado por Deus!
    Tem carnaval, novelas, futebol, sambas, fuscas e violão! Querem mais?

  12. Será que essa desembargadora já determinou a manutenção ou anulou alguma sentença de condenação em 1ª instância? Precisa ser investigada e já deveria ter sido afastada. De qualquer jeito o crime organizado agradece a força. As forças de segurança além do crime organizado também tem adversário blindado.

  13. Aposto que malvados policiais-militares forjaram o flagrante, pois é comum carregarem pequenas quantidades de droga no porta-luvas da rádio-patrulha para incriminarem suas vítimas, afinal eram só 130 kg de maconha. E ainda deixaram cair umas sementes nos para-choques e lanternas com o veículo abandonado ao tempo no depósito que depois desse tempo todo germinaram, cresceram e se transformaram nesses nove kg. Não há provas, só ilações e Moro não é o juiz natural do caso.