ACESSE

Menino baleado tem morte cerebral no Rio

Telegram

O menino Renan dos Santos Macedo, de oito anos, teve morte cerebral na manhã desta segunda-feira, confirmou a Secretaria da Saúde do Estado do Rio.

Renan foi baleado na cabeça na noite de domingo, quando seu pai tentou fugir de um arrastão em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Segundo a PM, o pai viu homens armados fechando uma avenida perto de uma favela, para roubar os motoristas, e tentou manobrar para escapar. Os tiros dos bandidos mataram o menino.

“[Ele] lutou pela vida até o último instante. Agora eu só peço oração pela minha família, porque eu nem sei como vou acordar amanhã”, disse Leonardo, 19, irmão mais velho de Renan, ao jornal carioca Extra.

Alguém aí em Brasília preocupado com isso?

 

 

Comentários

  • Maria -

    Pobre país, pobres pais . E a corja cuidando só de se livrar da polícia.

  • Não -

    quem são os piores bandidos. Os que andam armados atirando, os quecado traficam, os que estão em Brasília roubando e matando nos hospitais sem recursos e legislando e executando leis que privilegiam bandidos. Há ainda na imprensa quem defenda bandidos. Pagarão, um dia, por tanto sangue e lágrimas derramados.

  • X. -

    A criança foi assassinada covardemente. Um dos projéteis das armas dos facínoras no RJ, simplesmente atravessou a lataria do carro dirigido pelo pai do garoto Renan e o atingiu na cabeça. Seria quase impossível sobreviver. As tragédias se sucedem no RJ de Cabral, Pezão, Paes, Garotinho, Crivella, Maia etc.

Ler 14 comentários