Ministério da Justiça se coloca à disposição do governo de São Paulo

O Ministério da Justiça acaba de divulgar uma nota sobre o massacre na escola de Suzano:

“O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) lamenta o grave atentado à Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano (SP), que provocou o trágico assassinato de crianças e funcionários e presta solidariedade aos familiares neste momento de dor e tristeza.

Os fatos ainda estão sendo apurados pelas autoridades competentes e o Ministério se coloca à disposição do governo do estado de São Paulo.”

LAVA TOGA: A CHANCE INÉDITA DA LAVA JATO. Leia aqui

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 25 comentários
    1. Tem que relativizar. Eles eram reservistas de primeira categria? Se sim, quem treinou eles foi as ffaa armadas. Ou não?

  1. parcialidade é isso … quem quer saber o mandante do caso mariele, não faz questão do caso adélio … os meninos assassinos se mataram e eu quero saber o mandante nos três casos …………….

    1. Acontece, que está na mão do poder resolver o Caso Adélio. A pergunta é: porque o poder não resolve? O que tem por trás disso?

    1. Esses filhos da phuta todos, que fazem o país uma rainha de galinhos broxas, de um modo ou de outro, estão bem protegidos.

    1. O que tem de bozomion que caiu no conto do paraquedista postando arrependimento no YouTube não é brincadeira. Bozonalha não Bozonalha virou o pomba sujo do xadrez.