ACESSE

Moro defende 'cárcere duro' para o PCC

Telegram

Em evento ontem à noite em Marília, Sergio Moro fez um longo pronunciamento sobre a estratégia do governo Bolsonaro para o combate ao crime organizado, informa Fausto Macedo.

“Muitas organizações poderosas estão sediadas em presídios, funcionam como verdadeiras sedes do crime organizado. A resposta não é fácil, mas os criminosos têm que ficar presos. Não se resolve o problema da criminalidade simplesmente soltando criminoso, como esses que atentaram contra a população civil do Ceará”, disse o ministro da Justiça.

Moro disse ainda que há necessidade de “investigações exitosas que demandam, não raras vezes, rastreamento financeiro e patrimonial, ‘siga o dinheiro’, isolamento dos líderes e confisco (de bens)”.

E defendeu o isolamento das lideranças das facções criminosas em um regime que chamou de “cárcere duro”.

BOLSONARO EM CRISE COM PF E RECEITA. Saiba mais

Comentários

  • RUBEM -

    Discurso coerente do início ao fim, sem necessidade de powerpoint, nem de teleprompter.... O Brasil está desacostumado a ouvir Autoridades com "A" maiúsculo.... Os aplausos deixam o STF e o STJ fulos!

  • AMERICO -

    Moro e 190 milhões de brasileiros defendem isso. Só o Partido das Trevas, os adevogados dos criminosos e o PcdoB não defendem isso.

  • Paulo -

    A BANDIDAGEM DE TODO TIPO DA PRAIA DE CHINELO AO DE TERNO BACANA, PARABENS, RESILIENCIA, O MINISTRO TEM DESTINO, MISAO E ESTA CUMPRINDO COM A DETERMINAÇAO QUE DEUS LHE DEU.

Ler 33 comentários