Moro prepara 'indulto humanitário' para presos

Telegram

O governo de Jair Bolsonaro trabalha na elaboração de um decreto para prever perdão de pena de condenados com doenças graves ou terminais, informa o Estadão.

Apesar de o presidente ter dito, antes de assumir, que não indultaria presos, a ideia é dar um viés humanitário à medida.

Segundo o jornal paulistano, a equipe de Sergio Moro está com a missão de formatar o texto e definir não só os critérios de concessão como os casos em que deve haver restrição.

O texto em elaboração no Ministério da Justiça não deverá permitir que condenados por crimes violentos e por corrupção recebam o benefício.

Comentários

  • Francisco -

    Deixa esse povo morrer em paz, e pare de dar casa, comida e roupa lavada pra eles.

  • Eurípedes -

    A maioria que critica pelo jeito não prestou atenção: seria só para quem não cometeu crimes graves.

  • Ajjfev -

    Acredito que a melhor forma seria ter um presídio especial para receber esse tipo específico de presidiários, pois mesmo estando em condições graves devido a doenças, devem cumprir sua pena!

Ler 128 comentários