Mortos por asfixia e desligamento de aparelhos

Segundo o IML, nenhuma das 11 mortes no incêndio no Hospital Badim, no Rio, foi causada pelas chamas, mas por asfixia em função da fumaça.

Algumas das vítimas também morreram em função de complicações decorrentes do desligamento dos aparelhos no hospital.

“A maioria foi por asfixia, mas alguns casos, não. São descompensações das doenças que as pessoas tinham, relacionadas aos aparelhos que as mantinham vivas e que deixaram de funcionar com o incêndio”, explicou Gabriela Graça, diretora do IML.

Todos os mortos eram pacientes do hospital e idosos.

Agora há pouco, o diretor do hospital, Fábio Santoro, confirmou que houve 11 mortos — a 11ª vítima é uma mulher identificada como Ivone Cardoso, que estava no Hospital Israelita Albert Sabin. Há 77 pessoas internadas em outros hospitais.

O que pode unir esquerda e direita no Congresso Nacional? A luta contra a Lava Jato, claro. LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. SSonia disse:

    U2H6ZGUgbm8gUklPIEFQ01MgQVMgR0VTVNVFUyBET1MgPz8/P0NBQlJBTCAsR0FST1RJTkhPUyxQQUVTICxQRVrDTyBFIERFTUFJUyBQSUNBUkVUQVMgIA==

Ler comentários
  1. AAna disse:

    U29saWRhcmllZGFkZSBhIHRvZG9zIG9zIGZhbWlsaWFyZXMuIERldXMgYWNvbGhhIHN1YXMgYWxtYXMu

  2. TOSCO disse:

    RSBhIGN1bHBhIGZvaSBkbz8gQm9sc29uYXJvLCDzYnZpbyBxdWUgQ2FicmFsIGUgR2Fyb3RpbmhvIG7jbyB0aXZlcmFtIG5hZGEgYSB2ZXIgY29tIGlzc28u

    1. Q3VscGEgZG9zIGdvdmVybm9zIHBvZHJlcyBhbnRlcmlvcmVzLiBCb2xzb25hcm8gVFJBSURPUiB0ZW0gY3VscGEgbm8gYWNvcmTjbyBjb20gbyBUb2Zmb2xpLCBhcGFyZWxoYW1lbnRvIGRhIFBGIGUgUkYsIHR1ZG8gcGFyYSBsaXZyYXIgYSBjYXJhIGRvcyBmaWxob3MgUmFjaGlkaS5BbnVzLg==

  3. ZEZECO disse:

    UGVsbyBqZWl0byBsYSBubyByaiBib21iZWlybyBzbyBhcGFnYSBmb2dvIHNlICBtaWxpY2lhIG91IG9zIG1hbm9zIGRvIHRyYWZpY28gcGVybWl0ZW0u