ACESSE

Motoristas de ônibus são agredidos por pedirem a passageiros que usem máscara

Telegram

No país onde o presidente acha que usar máscara na pandemia é “coisa de viado”, motoristas de ônibus estão sendo agredidos por pedirem aos passageiros que usem a proteção.

Em Belo Horizonte, informa o G1, pelo menos dois motoristas levaram socos de passageiros que não estavam usando máscara e não gostaram de ser advertidos.

Paulo César da Silva, presidente do Sindicato dos Rodoviários, disse ao portal que as ameaças têm sido frequentes.

“Ameaça do tipo: ‘Chegando lá no final você vai ver’, ‘Amanhã você tá aqui de novo’, ‘Olha, olha, motorista, sabe com quem você tá mexendo?’ Sem contar alguns palavrões também que são proferidos por quem não quer usar o equipamento.”

Na capital mineira, o uso da máscara é obrigatório desde 22 de abril. Desde ontem (14), quem não usa a proteção pode ser multado.

Leia mais: Gilmar Mendes x militares: conheça os bastidores do caso aqui.

Comentários

  • Maria -

    O Brasil é um país BANANEIRO bem não tem jeito

  • Enilze -

    É absurda a decisão de responsabilizar motoristas pela fiscalização do uso das máscaras. Reduzem os ônibus em circulação, aumentam o número de passageiros por viagem, expõem os motoristas ao vírus

  • Maria -

    AUTO-EXPLICATIVO.

Ler 67 comentários