Nem a santa foi perdoada

O Antagonista soube que um comboio com escolta armada dos Correios foi assaltado no Rio de Janeiro.

Os bandidos levaram até os 20 mil selos comemorativos em homenagem aos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

11 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Nossa Senhora, a Virgem Maria, a Mãe de Deus, ou qualquer outro nome que nós, crentes ou não, mas réles mortais possamos dar a ela (nas religiões de matriz africana, por ex. é chamada de Iemanjá) não é uma “santa” simplesmente, mas um Ser de Luz muito poderoso e muito magnânimo.
    Quem assaltou o caminhão dos Correios no RJ não lhe causou mal algum, só a si mesmos.

  2. Qual é a Santa que perdoa corporativismo? Rio de Janeiro não é a cidade mais violenta do país, por quê o privilégio? Esqueci, a Globo , Antas e Rodriguinho a elegeram. Negociação de dívidas, forças armadas, não estão satisfeitos. Querem mais em detrimento de tdas as outras cidades que ocupam os primeiros lugares em violência no país, taís como: Fortaleza e Natal. Me poupe, não sou massa de manobra, idiotas.

    1. A escolta normalmente é feita por um carro e dois seguranças armados de espingardas. Os assaltantes, em geral cerca de dez pessoas armadas de fuzis e pistolas, vêm em várias motos e carros, cercando o comboio e já rendendo a escolta.
      Nessa tática, a escolta de pouco serve.

  3. Aqui até os santos pedem proteção divina contra os assaltantes e ladrões. Sejam eles os ladrões de rua, traficantes ou os ladrões do alto clero.
    Ninguem escapa no Brasil, nem os santos, ou especialmente os santos