No Rio, chefe de setor antibombas é preso, acusado de vender ao tráfico

Um comissário do Esquadrão Antibombas da Polícia Civil do Rio foi preso em flagrante,  suspeito de desviar explosivos da corporação e vender para traficantes de favelas cariocas, informa o G1.

Carlos José Monteiro da Silva, de 59 anos, era chefe do paiol do setor e o mais antigo instrutor de cursos da unidade.

Monteiro era investigado havia 45 dias, desde que uma explosão perto de uma favela na zona norte do Rio matou uma pessoa –ligada, descobriu-se, ao chefe do paiol. O lugar da explosão funcionava como oficina clandestina do tráfico.

Ontem à tarde, logo depois de ele sair da Cidade da Polícia, policiais abordaram seu carro e encontraram nove artefatos explosivos improvisados, além de uma granada defensiva militar.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. • PQP ZiiiiiiiiiLLLL ZiiiiiiiiiLLLL, a PQP FALIU
    • PQP ZiiiiiiiiiLLLL ZiiiiiiiiiLLLL, a PQP FALIU
    • OS pumlítiCÚS ROUBARAM TODOS os $$$$$$$
    • AINDA DERAM TREINAMENTOS PARA o pó-OVO LATA de LIXO
    • SEM GOVERNO • SEM MORAL • SEM CREDIBILIDADE
    • SEM pumlítiCÚS • SEM pó-OVO

Ler mais 18 comentários
  1. • PQP ZiiiiiiiiiLLLL ZiiiiiiiiiLLLL, a PQP FALIU
    • PQP ZiiiiiiiiiLLLL ZiiiiiiiiiLLLL, a PQP FALIU
    • OS pumlítiCÚS ROUBARAM TODOS os $$$$$$$
    • AINDA DERAM TREINAMENTOS PARA o pó-OVO LATA de LIXO
    • SEM GOVERNO • SEM MORAL • SEM CREDIBILIDADE
    • SEM pumlítiCÚS • SEM pó-OVO

  2. Como policial civil do RJ, sinto-me envergonhado por ter um vagabundo travestido de colega entre meus pares. A sociedade e a imprensa precisam apoiar os bons policiais. Esse sacana representa a pequena parcela que possui influência na midia mainstreaming e contatos nos poderes.

  3. O crime organizado está mais organizado que o Estado, criminosos infiltrados. Especialistas subjugaram as facções criminosas só falta o terrorismo. Mudamos os clãs dos políticos e dos corrutos ou vamos viver um inferno, ainda pode piorar.

  4. Esses caras, desde Elson Campelo e Hélio vigarista, são o símbolo da corrupção policial do RJ, mas…, Como colaboram com os meios de comunicação, vendendo, de novo, vendendo notícias quentinhas, podem postar de honestos. Adj😲

  5. isso É crime de ALTA TRAIÇÃO !!! crime de guerra !!!
    NÃO TEM ou TEM AUTORIDADE neste país?
    não pode haver, em nenhuma circunstância, qualquer atenuante.
    crime de guerra prevê fuzilamento !

  6. Bombas?
    Enquanto não enquadramos quem usa granadas, fuzis e armas restritas na categoria de Grupos Paramilitares, com os rigores da constituição, vai ser assim. Cidadão e ladrão pé de chinelo não usa granada e fuzil.

  7. INTERVENÇÃO MILITAR, o que supõe o ESTADO do Rio de Janeiro se encontra em estado de Guerra, quer dizer então que este POLICIAL deve enfrentar um TRIBUNAL MILITAR por ALTA TRAIÇÃO, concomitantemente deve receber um Bala na CABEÇA e a FAMÍLIA pagar a BALA.

    1. Na reportagem do G1 não mostraram nenhuma prova incontestável contra o cara. Esse tempo todo de investigação e não flagaram ou gravaram nenhuma negociação dele com marginais????? Diz que acharam artefatos, inclusive improvisados, na mochila dele. Óbvio o cara é INSTRUTOR disso. Tá esquisito isso.