Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

No Rio, médicos vendiam falsos atestados de comorbidade por 20 reais

No Rio, médicos vendiam falsos atestados de comorbidade por 20 reais
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Pelo menos 400 pessoas podem ter sido vacinadas contra a Covid utilizando falsos atestados médicos, que eram vendidos em uma clínica, em Pilares, bairro da zona norte do Rio de Janeiro”, informa o Dia.
Os documentos atestavam que os pacientes possuíam algum tipo de comorbidade elencada pelo Ministério da Saúde como prioridade para a vacinação. Com o falso atestado, elas conseguiam furar a fila para o imunizante.
Agentes da Delegacia de Defraudações (DDEF) prenderam os médicos Sérgio Mendes Izidoro e Augusto Guedes de Carvalho Filho, suspeitos de serem os responsáveis pelo esquema. Eles teriam lucrado R$ 8 milcada atestado era vendido por R$ 20.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO