ACESSE

Novo coronavírus: pesquisadores concluem que a origem da epidemia ocorreu em outubro

Telegram

Os pesquisadores Gianguglielmo Zehender, Alessia Lai e Massimo Galli, da Universidade de Estudos de Milão, publicaram um artigo revelador sobre o novo coronavírus no Journal of Medical Virology. Os resultados pormenorizados da investigação levada a cabo por eles foram enviados à Organização Mundial da Saúde.

Por meio de um estudo epidemiológico-molecular de 52 genomas do vírus já sequenciados, eles concluíram que a origem da epidemia pode ser datada entre a segunda metade de outubro e a primeira metade de novembro de 2019. Ou seja, algumas semanas antes que aparecessem os primeiros casos da “pneumonia misteriosa” na China.

A partir de dezembro do ano passado, houve uma super aceleração e cada pessoa infectada passou a produzir uma média de outros 2,6 casos, o que levou a que o número de contaminados duplicasse a cada quatro dias.

O estudo é importante porque dimensiona a capacidade adquirida do novo coronavírus de propagar-se em seres humanos.

Leia também: Quem ganha com os arroubos de Bolsonaro?

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários