O acordo de Crivella com o tráfico

Marcelo Crivella tem visitado algumas favelas acompanhado de parte de sua equipe.

O Antagonista sabe que o prefeito do Rio de Janeiro, antes de subir o morro, avisa aos líderes do tráfico, por meio das associações de moradores.

A condição imposta pelos bandidos para autorizar a subida é que Crivella não seja escoltado por policiais.

Em uma dessas visitas, na semana passada, o prefeito levou um pito de uma ‘irmã’ da Universal: “Irmão, cadê a creche daqui? Espero que um homem de Deus não decepcione o povo”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO