ACESSE

O ambientalista atômico e a histeria com a Amazônia

Telegram

Duda Teixeira entrevistou para a Crusoé o ambientalista Michael Shellenberger que bate de frente com o Greenpeace e assemelhados.

Ao ser perguntado sobre a reação às queimadas na Amazônica, ele disse o seguinte:

“Foi exagerada a repercussão internacional sobre as queimadas na Amazônia?
Nas últimas semanas, todo mundo estava um pouco maníaco, irracional, louco. Muito da reação da imprensa americana foi porque entre 75% e 90% dos jornais odeiam Bolsonaro. Não gostam dele assim como não gostam do presidente Donald Trump. Mas a histeria passou. Chegou o momento de as pessoas que realmente se importam com a Amazônia terem uma discussão madura sobre o assunto.”

E ainda:

“Estrangeiros, em geral, enxergam a Amazônia de uma maneira equivocada?
Para muita gente, incluindo muitos brasileiros, a Amazônia é um lugar mítico. Como se trata de uma área muito extensa e que em grande parte não foi explorada, a floresta acabou se tornando uma tela gigantesca em que as pessoas projetam seus medos e suas esperanças. E a imagem mais comum é a do Jardim do Éden. Muitos repórteres que têm escrito sobre a Amazônia são jovens. Estão nos seus 20 e poucos anos. É gente de classe média alta, com boa formação escolar. Nas últimas semanas, eles escutaram pela primeira vez que a Amazônia estava pegando fogo. Sem muita informação anterior, eles entenderam isso como uma violação da ordem natural, do Jardim de Éden, de tudo o que há de bom no mundo. Eles olharam para as fotos no Instagram do Leonardo DiCaprio e da Madonna e acreditaram que a floresta estava pegando fogo por causa dos homens maus. Não percebem que a Amazônia é o lar de 30 milhões de pessoas, dos quais muitos estão simplesmente tentando sobreviver. Só conseguem entender que tem gente má fazendo coisa ruim.”

Assinantes podem ler a entrevista completa:

O ambientalista atômico

Queimadas na Amazônia: o que a imprensa fala, e o que é verdade. LEIA AQUI

Comentários

  • Jose -

    Bolsonaro deveria ir (vai) na Assembleia da ONU e pedir para todos aqueles que amam a Amazônia doarem uma quantia em dinheiro proporcional ao que eles acham que vale.

  • Giselda -

    Conclui-se que os repórteres jovens são tolos, têm uma formação escolar ruim e são mal informados.

  • Edelson -

    Zero importância essa reportagem.

Ler 40 comentários