O Antagonista não estressa e até pode relaxar…

Você aí no computador acha que o mundo digital o deixa mais estressado do que antes do surgimento da internet, do smartphone, das redes sociais, de O Antagonista? Se a resposta for positiva, talvez você só esteja replicando um lugar-comum.
Um estudo conduzido pelo Pew Research Center, em Washington, com 1 801 adultos, concluiu que os usuários mais pesados da internet, em especial do Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest  e Linkedin, não são mais estressados do que os que a usam pouco ou simplesmente não a usam. Nas mulheres, por exemplo, a conexão permanente com a internet tem até um efeito relaxante. 
A diferença é que as redes sociais, principalmente o Facebook, mantêm as pessoas mais informadas não só de aspectos positivos da vida de familiares, amigos e conhecidos, tais como promoções profissionais, casamentos, nascimentos, férias, mas também do que acontece de ruim para eles: doenças, desemprego e separações. Nada, porém, que cause muito impacto no aumento geral do stress.
O que isso quer dizer, no final das contas? Que você deve continuar a ler O Antagonista e indicá-lo aos amigos, colegas e conhecidos. Não estressamos e pode ser que relaxemos. A gente só enerva petistas e simpatizantes. Com muito gosto.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200