O celibato dos padres é o real ‘ponto principal’ do Sínodo da Amazônia

O Sínodo da Amazônia, um encontro entre bispos e o papa Francisco marcado para outubro, em Roma, provocou reações quanto à possibilidade do uso político da reunião, como já registramos.

Não é por menos. O grande organizador desse encontro é o cardeal dom Cláudio Hummes, frade franciscano gaúcho que foi o 18º bispo de São Paulo, mas, antes disso, na década de 1970, aproximou-se muito do então sindicalista Lula e do projeto de criação do PT quando comandou a Igreja em Santo André, no ABC Paulista.

Durante o papado de Bento XVI, vivendo em Roma, dom Cláudio chefiou a Prefeitura da Congregação para o Clero, amenizou sua postura política, mas quem o conhece de perto sabe que ele nunca deixou de ter “a alma vermelha” — embora não esteja entre os mais radicais.

O Sínodo da Amazônia, porém, apurou O Antagonista, tem um outro grande objetivo: reacender a antiga discussão sobre o fim do celibato, a começar pela possibilidade de padres casados atuarem nessa região do Brasil, que serviria de um grande “teste” para a provável mudança radical no catolicismo.

Dom Claúdio é um entusiasta desse tema, ancorado em argumentos como o de que as vocações religiosas não têm sido suficientes para que a Igreja mantenha sua presença na Amazônia. Seria aberto, portanto, mais caminho para os chamados viri probati, ou seja, homens casados, de fé comprovada, que podem exercer atividades eclesiais.

No episcopado brasileiro, o fim do celibato para evangelização na Amazônia está longe de ser um consenso.

Existem “forças subterrâneas” dentro do Congresso que impedem que projetos importantes vão a voto. Acompanhe aqui!

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 128 comentários
  1. A mudança na disciplina do celibato seria o fim do sacerdócio católico. Precisamos de santidade, padres que sejam padres para que suscitem vocações e não padres que vão a escola de samba!!

  2. A cada dia, mais me convenço da absoluta irrelevância do ‘pensamento’ da Igreja e desse limitadíssimo papa, em especial. As atitudes, no entanto, dependendo do ‘público-alvo’, podem ser desast

  3. Em que pese tratar-se de uma corja de saiudos vermelhos vejo com bons olhos a inclusão do tema celibato na evento. O fim do celibato poderia diminuir ou acabar com a pedofilia na igreja católica.

  4. Quem já morou na Amazônia sabe que os grandes problemas lá são: falta de escola, falta de hospitais, falta de emprego e abuso infantil! Por que não fazem experimento de padre sem celibato em Roma

  5. Heleno esta certíssimo, tem que monitorar mesmo. Se os assuntos do encontro forem povos indígenas e mudanças climáticas provocadas por desmatamento e quilombolas, então é questão de governo.

    1. Não diga bobagem, o celibato sacerdotal é o que distingue a entrega TOTAL ao serviço de Deus. O protestantismo é o caminho para o ateísmo e secularismo, vide os países da “deforma”.

    2. É fato que o protestantismo cresce mais porque não impõe tais amarras sobre os missionários nem priva o homem de Deus de seu direito natural à familia.

    1. O Corpo Místico de Cristo começou com o fundador morto na Cruz abandonado pela sua dúzia de discipulos. Non Praevalebunt!

  6. Ordens mendicantes no poder sempre dão confusão nas ideias e bagunçam o clero. São Luís (1214-1270), rei da França, ficou um joguete nas mãos dos mendicantes. Com o ar de esfomeados em trapos e

    1. contrário à doutrina de Cristo e ameaça de ruína a Igreja.[…] a pobreza entre dominicanos e franciscanos tem como consequência a mendicância e o desprezo pelo viver do cristão de seu trabalho

    2. sandálias rotas são acusados de usurpar as funções do clero: confissão e enterro; de serem hipócritas que buscam prazer, riqueza, poder; de serem heréticos: seu ideal de pobreza evangélica é

  7. Por que não chama-se Sínodo do Celibato? Os americanos deixam a igreja ou qq um discutir sobre o Alasca ou o Havaí? Aquelas terras são deles e ninguém tasca! O governo brasileiro que abra o ol

    1. O governo brasileiro que abra o olho! Estamos inundados de ONGS que se acham donas do Brasil! Querem o dinheiro de nossos impostos, nossas terras e todo o minério valioso nelas!

  8. Sabe o que tem fazer com estes padres esquerdalhas? Boicote. Nossa comunidade comunicou ao Bispo se àquele padre esquerdalha continuasse iríamos boicotar, depois de 1 mês, sem fiéis na missa mudar

  9. O celibato foi instituído pela ICAR para se prevenir contra a partilha de bens herdados por padres. Não se justifica um Ser abdicar do sexo como se fosse pecado Mas como pedofilia é válido. Fa

  10. A crise que o Brasil vive hoje tem o dedo da IGREJA, infelizmente foram eles quem doutrinaram os PETISTAS, que sucumbiram frente a riqueza. O ditado; Pobre nunca come melado, quando come se lambuza.

    1. É jesuíta e tem que ter muito cuidado. Seus discursos são cheios de mensagens que poucos captam. A lautado si é uma exortação ao domingo, dia pagão de adoração ao sol. e a amazônia é a mãe

    1. Não pegue versículos mal escolhidos para justificar coisas erradas: “Porque há os que se fizeram eunucos por amor ao Reino de Deus, quem quiser compreender compreenda”. (Mt 19,12).

  11. Que essa padrecada safada faça apenas o devido nas missas. Já bastam as merd@as de Helder Camara que está no colo do capeta e até hoje nos infernizam a nossa vida. PS: Deixem os coroinhas em paz

    1. Então a empresa que voce trabalha estaria com medo de distribuir os bens com seus filhos também? Kkkk idiotice ultrapassada! Cada igreja possui cnpj proprio!

    2. A IGREJA CATÓLICA costuma invocar o termo “Senhor”… e “Senhor” é uma transliteração de língua fenícia para o português que significa “BAAL” um ser das trevas que ABUSAVA das Crianças..

  12. ABIN em cima. Não se pode dar o mínimo de chance pra essa petralhada preguiçosa se organizar e se fortalecer. Eles q façam o que quiserem (dentro da lei) casando ou não. Catolicismo em keda livre

  13. A relação entre celibato e abusos é artificial, criada p/destruir os fundamentos da igreja católica. Celibato é algo muito além de uma simples proibição, algumas linhas budistas compreendem.

    1. Que tal liberar a corrupção para juízes também? Entendeu teu raciocínio agora? Quem não quer ser padre, não o seja. É o livre-arbítrio!

    1. De acordo, Orion. Pela segunda vez, nestes comentários. Deixem os padre verdadeiramente VOCACIONADOS em paz. Esqueçam a Igreja Católica e sejam felizes, para que nós, também, o sejamos.

    2. Raciocínio incorreto. Quando não se quer o celibato, as pessoas tem a liberdade de não se tornar Padre, pois há outras alternativas. O ponto principal do sínodo é destruir a igreja de dentro par

  14. O motivo dos padres não casarem é um só: A Congregação é como uma cooperativa, cada padre possui a sua participação patrimonial do todo. Se casassem, viraria uma confusão societária, heranç

  15. Mainardi, vc de O Antagonista estudou Latim na Itália,e sabe que VIRI PROBAITI Não é permitir Padre se CASAR! São Homens que Já são Casados ou Viúvos que são Ordenados. Já Existe esses casos

  16. FORA VIGARISTAS! Isto não é Igreja Católica. Se querem mudar princípios basilares, fundem uma outra igreja, seita, boteco de esquina ou casa de tolerância! Talvez assim consigam mais respeito!

    1. TICO-TICO no fubá: quem começou com isso de celibato foi a fantasia J C e São Paulo, que abominava as mulheres. Daí os horrores com elas na Inquisição, e a vi.adagem milenar.

    2. Só se for de tradição familiar mesmo, pq de conversão verdadeira parece que não. Não sabe de onde vem essa prática mas acha que é a responsável pela desordem sexual de alguns padres. Estuda f

  17. Religião é perda de liberdades. Liberdade gera responsabilidade. No caso da católica, pra que manter o celibato se não é seguido e ainda leva a desvios muito piores? A Igreja Parou no tempo.

  18. Os padres deveriam ser apenas padres. Deixar a militância petista de lado. Chega desses padres vermelhos e petistas. Queremos padres que sejam padres, que rezem apenas para Deus, e não para Lula

    1. A pedofilia tem como causa a homossexualidade, não o celibato. O que O papado faz é esconder a homossexualidade e jogar a culpa no celibato.

    1. Leia apenas o primeiro parágrafo e verá que o Sínodo da Amazônia será realizado em Roma e não “no meio do mato”.