ACESSE

O debate esquenta na França: "É possível gozar ao ser estuprada"

Telegram

Aumentou o calor do debate na França  sobre o puritanismo feminista.

Ontem, na BFMTV, a feminista Caroline De Haas, que sofreu estupro, disse que as vítimas de abusos sexuais costumam ter menos orgasmos.

Brigitte Lahaie, ex-atriz pornô e signatária do manifesto também assinado por Catherine Deneuve, respondeu que “as mulheres podem gozar durante um estupro” — o que é biologicamente possível, embora obviamente isso não torne um estupro menos hediondo.

As feministas já estão acusando, claro, as signatárias do manifesto de defender o estupro.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 76 comentários