ACESSE

O debate esquenta na França: "É possível gozar ao ser estuprada"

Telegram

Aumentou o calor do debate na França  sobre o puritanismo feminista.

Ontem, na BFMTV, a feminista Caroline De Haas, que sofreu estupro, disse que as vítimas de abusos sexuais costumam ter menos orgasmos.

Brigitte Lahaie, ex-atriz pornô e signatária do manifesto também assinado por Catherine Deneuve, respondeu que “as mulheres podem gozar durante um estupro” — o que é biologicamente possível, embora obviamente isso não torne um estupro menos hediondo.

As feministas já estão acusando, claro, as signatárias do manifesto de defender o estupro.

Comentários

  • José -

    MULHERES VS. MULHERES.

  • cris -

    Todas feministas idiotas. Claro que sou contra o estupro. Mas essas imbecis passam na rua, um homem faz fiu fiu e elas saem correndo gritando que sofretam abuso. Ora, me poupem! Vão lavar um tanque de roupa pra aprender a ser gente!

  • Noxnoctis -

    Na verdade o pessoa está misturando laranjas com maçãs: As acusações do feminismo, ao não atingir homens que de fato levam violência à mulher, miram a esmo aonde o simples fato de abrir uma porta, é ensinado a ser visto como algum tipo de abuso machista. Mas homem de verdade não vai se deixar esmorecer: Não compactua com violência feminina e vai insistir em abrir portas, carregar os livros e usar o guarda-chuva para protegê-las. Sabem que isto é expressão de respeito.

Ler 76 comentários