O monstro de Campinas

Pouco antes da virada do ano, Sidnei Ramos de Araújo, de 46 anos, invadiu a festa familiar de Réveillon da ex-mulher, em Campinas, e saiu atirando: morreram ela, o filho do casal — de 8 anos — e mais 10 pessoas.

O monstro, que depois se matou, brigava na Justiça pela guarda da criança.

Três pessoas atingidas pelos disparos continuam internadas.