"O rock ativa a droga que ativa o sexo que ativa a indústria do aborto"

Telegram

O novo presidente da Funarte tem um canal de YouTube, e O Globo poupou O Antagonista de assisti-lo, reproduzindo algumas de suas opiniões.

Sobre o rock:

“O rock ativa a droga que ativa o sexo que ativa a indústria do aborto. A indústria do aborto por sua vez alimenta uma coisa muito mais pesada que é o satanismo. O próprio John Lennon disse que fez um pacto com o diabo.”

TRF-4 monta trincheira contra o revisionismo de ocasião do STF. Leia aqui

Sobre Elvis Presley:

“Existe toda uma infiltração de serviços de inteligência dentro da indústria fonográfica norte-americana que se não levarmos em conta, não vamos entender nada. A União Soviética mandou agentes infiltrados para os Estados Unidos para realizar experimentos com certos discos realizados para crianças. Esses agentes iam, se infiltravam e iam mudando, inserindo certos elementos para fazer engenharia social com crianças. Daí passaram para música para adolescentes.”

Sobre os agentes soviéticos infiltrados na CIA:

“Woodstock foi aquele festival da década de 60 que juntou um monte de gente, os hippies fazendo uso de drogas, LSD, inclusive existem certos indícios de que a distribuição em larga escala de LSD foi feita pela CIA. Mas como pela CIA? Tinha infiltrados do serviço soviético lá.”

Seu nome é Dante Mantovani.

Comentários

  • Luiz -

    Bolsonaro colocou um demente na FUNARTE.

  • FLAVIO -

    Cara mais imbecil!

  • Amauri -

    Esse sujeito é a maior prova que idiotas também se formam em Universidade, (muitos até dão aulas).

Ler 202 comentários