O sexo, segundo o papa Francisco

Assustado com a quantidade de crianças abandonadas nas Filipinas, país onde o catolicismo é praticado de maneira fervorosa e mística, o papa Francisco disse que ser católico não significa “reproduzir-se como coelhos”. No entanto, a Igreja permanece firme na condenação de quaisquer métodos anticonceptivos artificiais, tais como pílula, camisinha, dispositivos intrauterinos e o que mais for. As formas admissíveis de evitar bebés são as naturais, das quais a mais popular é a tabelinha.
Como a tabelinha nem sempre funciona, O Antagonista, no seu afã de conservar os preceitos da Santa Madre, sugere um novo método natural: nos períodos férteis femininos, a católica deve usar uma batina branca como a do papa. Se o desejo da mulher ainda assim for capaz de suplantar a ojeriza masculina, recomenda-se que o católico também use uma batina branca como a do papa. No caso de a atração continuar irresistível, aconselha-se que ambos coloquem solidéus igualmente brancos.


Católicos se reproduzem como coelhos. Conselho: lancem mão do modelo franciscano

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200