ACESSE

Onze executivos da Vale viram réus por Brumadinho

Telegram

A Justiça em Minas Gerais acatou nesta sexta-feira, 14, a denúncia do Ministério Público estadual contra 11 executivos da Vale, inclusive o ex-presidente da mineradora, Fabio Schvartsman, pela tragédia de Brumadinho.

Com isso, registra o Estadão, os 11 executivos da Vale e mais cinco funcionários da empresa de consultoria Tüv Süd se tornaram réus por homicídio doloso duplamente qualificado e crimes ambientais.

O rompimento da barragem da mineradora em Brumadinho, em janeiro de 2019, levou à morte de 270 pessoas, 11 das quais ainda não foram encontradas.

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários