Onze executivos da Vale viram réus por Brumadinho

Onze executivos da Vale viram réus por Brumadinho
BRUMADINHO, MG, 26.01.2019: BARRAGEM-BRUMADINHO - Buscas por corpos continuam na manhã deste sábado (26) após rompimento da barragem de rejeitos de minério da Vale na cidade de Brumadinho (MG). Cerca de 300 pessoas continuam desaparecidas. (Foto: Giazi Cavalcante/Codigo19/Folhapress)

A Justiça em Minas Gerais acatou nesta sexta-feira, 14, a denúncia do Ministério Público estadual contra 11 executivos da Vale, inclusive o ex-presidente da mineradora, Fabio Schvartsman, pela tragédia de Brumadinho.

Com isso, registra o Estadão, os 11 executivos da Vale e mais cinco funcionários da empresa de consultoria Tüv Süd se tornaram réus por homicídio doloso duplamente qualificado e crimes ambientais.

O rompimento da barragem da mineradora em Brumadinho, em janeiro de 2019, levou à morte de 270 pessoas, 11 das quais ainda não foram encontradas.

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários
TOPO