Papa Francisco: "As ideologias são uma arma perigosa"

No discurso de abertura dos trabalhos do Sínodo da Amazônia, o papa Francisco disse que “as ideologias são uma arma perigosa”.

“As ideologias são redutivas e nos levam ao exagero em nossa pretensão de entender intelectualmente, mas sem aceitar, entender sem admirar, receber a realidade em categorias, em ‘ismos’. Quando precisamos nos aproximar da realidade de algumas pessoas nativas, falamos sobre indigenismos e, quando queremos dar a eles uma pista para uma vida melhor, não perguntamos, falamos sobre desenvolvimentismo.”

O pontífice acrescentou que colonizações ideológicas “destroem ou reduzem as idiossincrasias das pessoas”.

Ele fez uma espécia de mea-culpa, afirmando que a Igreja, quando se esqueceu disso, “menosprezou” povos e culturas.

Comentários

  • Veronica -

    Cuide da tua Igreja, para isso você foi eleito. Se acha que é muito trabalhoso, então saia e vá fazer política e assuma as consequências. É muito fácil fazer discursos desfrutando da benesse d

  • Sirlei -

    Jorge Bergoglio teima em achar que é dono do mundo,menas.....

  • Paulo -

    Papa Francisco está tendo uma oposição grande dentro do Vaticano. É declaradamente Marxista comunista, que fará muitos deixarem de seguir o catolicismo.

Ler 91 comentários