ACESSE

Paulo Cezar Caju: "A CBF deveria ser cercada por uma tornozeleira gigante"

Telegram

No artigo para a edição especial da Crusoé, Paulo Cezar Caju diz que é preciso fazer uma devassa na CBF:

“Na verdade, o que me assusta é o comportamento passivo da imprensa com relação aos dirigentes da Fifa e da CBF, que continuam dando as cartas. Sei que em final de temporada as pessoas ficam mais emotivas, lembram-se dos que partiram, dos que chegaram, e apostam todas as fichas no ano seguinte. Também sou um sonhador e sempre acredito em um país com mais amor, justiça, compreensão e menos roubalheira. Mas não gasto minhas energias canalizando isso para o futebol, minha grande paixão. Desse, já desisti. Está totalmente contaminado, e em todas as esferas. A CBF deveria ser cercada por uma tornozeleira gigante, e uma devassa deveria ser feita em sua administração.”

Leia o artigo inteiro, se for assinante:

O futebol (também) precisa de uma devassa

 

2019 não será um ano para amadores. Conte com a ajuda de especialistas para chegar são e salvo a 2020 AQUI

Comentários

  • Francisco -

    Ser um jogador medíocre não quer dizer que esteja mentindo... ou não. A CBF com alguns de seus ex chefões condenados e com Lula, que vendeu MP, desconfiou até dos 7 x 1.

  • Antonio -

    Tem um amigo que viveu este mundo do futebol por 10 anos por causa de um sobrinho que foi jogador. Disse-me que é mais sujo que a política.

  • AM -

    É muito fácil somente criticar generalizando, quero ver criticar com fatos e apresentar soluções plausíveis, arregaçar as mangas e participar ativamente.

Ler 64 comentários