"PCC Mulher"

O Estadão teve acesso à denúncia da Operação Echelon e informa que o PCC “montou um setor de recursos humanos, responsável pela manutenção de um cadastro atualizado de seus integrantes, além de organizar cursos de fabricação de bombas e de formar um time de matadores profissionais”.

A facção, acrescenta o jornal, “criou outro setor para expandir a atuação em presídios femininos, um PCC Mulher”.

Comentários

  • Vito -

    Quanto mais crimes, maiores serão os gastos com segurança, a criminalidade é um grande negócio pra muita gente. Tem que manter isso!

  • Joao -

    O passo natural agora é se tornar um partido politico.

  • Fora -

    E o quarteto de canalhas no Stf querendo rediscutir prisao em segunda instancia para liberar corruptos e mega traficantes...

Ler 46 comentários