PGR apura se Damares tentou impedir aborto legal em menina de 10 anos

PGR apura se Damares tentou impedir aborto legal em menina de 10 anos
Foto: Marcos Corrêa/PR

Augusto Aras abriu uma investigação preliminar sobre a suposta ação de Damares Alves nos bastidores para impedir que uma criança de dez anos realizasse o aborto legal após ser estuprada pelo tio.

O PGR informou o STF da investigação sobre a ministra da Mulher na última sexta-feira, 6.

O caso ganhou repercussão nacional em agosto. Segundo a Folha, Damares atuou para tentar transferir a menina de São Mateus (ES) para um hospital em Jacareí e pressionar médicos para que não fizessem o procedimento, e seu ministério também teria vazado o nome da criança.

Em nota, o ministério informou que Damares pediu investigação sobre o caso à Polícia Federal.

“O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos enxerga a situação com total tranquilidade, tratou sua atuação nesse caso com absoluta transparência e lisura, e com extremo respeito aos princípios da Administração Pública. Esclarecemos, ainda, que a própria ministra Damares Alves solicitou investigação do caso à Polícia Federal”, diz a pasta.

LEIA MAIS na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO