PGR vê "contexto sombrio de violência contra os movimentos sociais"

A procuradora-geral da República divulgou nota de solidariedade à família de Orlando Bernardo, militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no sábado.

“Fato que preocupa diante do contexto sombrio de violência contra os movimentos sociais e demonstra quão distante ainda estamos da efetivação dos direitos garantidos pela Declaração”, diz o texto, em referência aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Orlando é irmão de Osvaldo Bernardo, do Movimento dos Atingidos por Barragens na Paraíba (MAB). Ele teve outro irmão morto em 2009, Odilon, assassinado numa emboscada à noite.

Comentários

  • Amadeu -

    Há ocasiões que não se entende a Procuradora.

  • Judith -

    A PGR deveria ver o que tem que ser visto e não ficar fazendo ilações, futurologia! Às vezes, acho que esse pessoal não estudou Direito direito! É muita patacoada!

  • Lanterna -

    Fogo amigo

Ler 143 comentários