Rio tem menor índice de mortes de PMs em 24 anos

Segundo levantamento de O Globo, o número de policiais mortos no estado do Rio em 2018 é o menor em 24 anos.

Neste ano, 92 agentes foram assassinados, 43% a menos do que em 2017, quanto 163 policiais foram mortos.

O coronel Fabio Cajueiro, da Diretoria de Assistência Social, atribui o índice ao maior efetivo nas ruas durante a intervenção federal.

“Desde o ano passado, mortes de policiais receberam maior visibilidade, dentro e fora da PM. E medidas importantes foram tomadas pelo comando, como cursos para utilização de pistolas na folga e de reciclagem para policiais reformados. O maior efetivo nas ruas também impactou na redução das mortes, além de diminuir os indicadores criminais durante a intervenção”, disse o coronel ao jornal carioca.

2019 não será um ano para amadores. Conte com a ajuda de especialistas para chegar são e salvo a 2020 AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 24 comentários
  1. MILITARES em todo o Brasil é a solução! De preferência com o fechamento da casa da baderna do “lewianovisky”, o fanfarrão do avião, que usa a caneta para intimidar quem o nomina corretamente.

    1. Espero que sim, mas não da forma que foi feita, sem respaldo juridico/político para “abater” criminosos. O RJ é um caso exemplar da falta desse respaldo.

  2. Os conflitos com bandidos aumentaram mas o número de mortes de policiais diminuiu. Tomara que a tendência aumente no próximo governo, inclusive com o uso de drones e atiradores de elite.

  3. Parabéns aos Soldados do Exército que propiciaram este índice. O governo estadual não tinha moral para combater o crime, pelo simples instinto de autopreservação da espécie (ORCRIM).

    1. CARA, BOLSONARO SÓ VAI ASSUMIR EM 1° DE JANEIRO, o que é que ele tem com isso, todas as mortes no Brasil, de 2003 até hoje se deve aos governos comunistas do binômio PT/PMDB.

  4. Que o novo governo fluminense inove na segurança com novas tecnologias, extermínio das milícias e traficantes, rigidez no contrabando de armas e drogas e afastamento dos maus políticos e pol´icia

  5. A míd verm e os dit cient sociais têm alarde q o núm de roubos caiu durant a interven,poré as mortes por PMs aumentaram.Agora novo dado;caiu as mortes de PM;isso provo q qt mais aPM matar melho

  6. Agora com armas em casa … ou assinatos aumentam, pq se enfrentar vao morrer memso, ai enquanto nao aprenderem que a hitoria mudou vai ter muito bandido morto. e com seus gaurdas chuvas nas ruas ..

  7. Daqui a pouco vão querer que a intervenção continue por mais um ano!!! Parem com isso, congresso tem coisas importantes a votar. Além do mais, pq vcs não mostram quantos bandidos morreram?

    1. Não precisa continuar intervenção. É só deixar a polícia matar mais bandidos. Qualquer quantidade de bandidos que tenham morrido, sempre terá sido pouca. Claro, a esquerda odeia isso, não é?

    2. A esquerda sempre preocupada com seu exército de revolucionários em potencial. Faz algum sentido. Afinal, generais nunca abandonam seus soldados.