Sem íntegra do vídeo de Neymar

O Jornal Nacional teve acesso ao depoimento de Najila Trindade, a modelo que acusa Neymar de estupro, à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo.

Além de reiterar as acusações, Najila disse que a íntegra do vídeo que veio a público —e que a mostra agredindo o jogador— corrobora sua versão.

Esse vídeo completo, porém, estaria em um tablet que teria sido furtado numa invasão a seu apartamento.

Inspeção da polícia só encontrou no apartamento as digitais da modelo e de sua empregada. Ontem, em entrevista à ESPN, a dona do imóvel negou que ele tivesse sido invadido.

Ao final de seu depoimento, Najila teria passado mal. Ela deixou a delegacia carregada no colo pelo seu advogado, Danilo Garcia de Andrade.

“É mais fácil Bolsonaro renunciar do que ele pedir para sair”, diz amigo de Paulo Guedes. Leia aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.
Tempo de publicação: 4 minutos

200

AJUDA