Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Senador diz que OMS 'se mostra criminosa' ao considerar aborto 'serviço essencial'

Senador diz que OMS se mostra criminosa ao considerar aborto serviço essencial
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O senador Eduardo Girão (Podemos) criticou a Organização Mundial da Saúde (OMS) por ter anunciado, no último sábado, que considera o aborto como um dos “serviços essenciais durante o surto de Covid-19”.

“Eles fizeram a decretação de que o aborto, acredite se quiser, é uma atividade essencial. Isso é piada de mau gosto, é um desrespeito à vida: relativizar a vida de uma criança e a saúde da mulher.”

O senador afirmou, ainda, que a OMS, com esse posicionamento, “se mostra desumana e criminosa”.

“Com relação ao aborto, ela é favorável. Com relação à cloroquina, ela não se posiciona. Essa política ideológica que atrapalha.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO