STJ manda a júri acusados pelo incêndio da boate Kiss

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça determinou que dois empresários e dois músicos acusados de causar o incêndio da boate Kiss, em 2013, sejam julgados por júri popular.

Para os ministros da Sexta Turma, eles agiram com dolo na morte de 242 pessoas e lesão de outras 636 que sobreviveram com lesão, porque estavam cientes dos riscos de fogo das instalações e também do show com fogos de artifício realizado no local.

Comentários

  • Marco -

    Como pode ser tão difícil de responsabilizar quem causou a morte de tantos jovens? Como pode a "justiça" somar mais este sofrimento a esta tragédia?

  • João -

    Daqui 10 anos sai o veredito

  • Eduardo -

    E os agentes públicos responsáveis pela vistoria desse tipo de local, foram no mínimo omissos no exercício das suas atribuições! Da série: FISCALIZAR PRA QUÊ, NÉ?

Ler 6 comentários