“Temos uma fronteira completamente desguarnecida”

Selma Arruda, do PSL do Mato Grosso, quer aproveitar a visibilidade como senadora para denunciar o que ela considera um descaso do governo federal com os 700 quilômetros de fronteira seca em seu estado.

“Nunca conseguimos ter visibilidade para falar sobre esse assunto”, disse a ex-juíza a O Antagonista, queixando-se do fato de problemas fora do eixo Rio-São Paulo ainda não receberem, na opinião dela, a devida atenção.

Há anos, a fronteira no Mato Grosso é uma preocupação das forças de segurança locais, por ser uma região usada como rota para o escoamento de pasta base e cocaína — que abastecem, aliás, grandes centros das regiões Sul e Sudeste.

“Temos uma fronteira completamente desguarnecida, por onde drogas e armas entram livremente.”

Bolsonaro Tem Até 29/3 Para Salvar a Sua Aposentadoria. Você precisa acompanhar de perto essa missão se quiser proteger seu patrimônio. LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 9 comentários
  1. a mocreia do PT Rousseff sabotou a SISFRON desde 2012,depois faliu o Brasil e o temer não teve como avançar com o projeto. sem reforma da previdência todas as fronteiras secas serão abandonadas de