STF extradita brasileira nata, mas Cesare Battisti...

Acusada de matar o marido americano, Karl Hoerig, em 2007, a brasileira Claudia Hoerig chegou aos EUA ontem, depois de o STF ter autorizado sua extradição.

De acordo com o site jurídico Jota, é a primeira vez que uma pessoa nascida no Brasil –Claudia tem cidadania americana– é extraditada para ser julgada no exterior. A decisão, tomada pela Primeira Turma do Supremo, foi apertada: 3 votos a 2.

Enquanto isso –como sempre lembra O Antagonista–, o terrorista Cesare Battisti, implicado em quatro assassinatos, continua por aqui.

Comentários

  • Joana -

    Texto curto, pobre e claramente regado de desconhecimento jurídico. São dois casos completamente diferentes. Tá na hora de melhorar o conteúdo. Aliás, esse texto não traz qualquer coisa informação ou conhecimento, mais parece um rascunho mal feito.

  • Paulo -

    E os pilotos americanos que derrubaram o avião da Gol também não são extraditados dos EUA para o Brasil...

  • Gerolino -

    O STF, perdeu o Rumo da sua Finalidade. A principal delas a COERÊNCIA nas SENTENÇAS, por isso se chama SUPREMO. Talvez falte a escolha dos 11 Juízes, por MERITOCRACIA, CONCURSO PÚBLICO e Avaliação Final de um Conselho DEcente.

Ler 72 comentários