Tragédias esperando para acontecer

O G1 divulgou um mapa das ocupações irregulares em São Paulo, com base em dados da Secretaria Municipal da Habitação –incluindo terrenos, prédios e cortiços.

Ao todo, são 206 ocupações, que abrigam 45.782 famílias. A maior parte está no centro da cidade, mesma região do prédio que desabou –53, que reúnem 3.300 famílias.

Mesmo esse número oficial é subestimado: a própria prefeitura acredita que sejam 70 as ocupações irregulares na região central.

Certamente, há entre elas tragédias esperando para acontecer.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Os “socialistas”baderneiros dos mnãoseioquêdavida deitam a mão numa grana viva e as autoridades assistem a tudo passivamente. Quem sabe depois da tragédia anunciada essas autoridades deixem de ser lenientes e coniventes.

Ler mais 34 comentários
  1. Os “socialistas”baderneiros dos mnãoseioquêdavida deitam a mão numa grana viva e as autoridades assistem a tudo passivamente. Quem sabe depois da tragédia anunciada essas autoridades deixem de ser lenientes e coniventes.

  2. Se fizermos uma conta simples, 45.782 famílias rendem aos “movimentos solidários” algo em torno de R$ 9.156.000,00 por mês livres de impostos e devidamente lavados. FLM, MTST e outros abastecem com grande parte os partidos que dão apoio e recebem apoio. Passou da hora de fazer uma grande investigação por parte dos dorminhocos MP, Receita Federal, Polícias Civil, Militar e Federal. Mas como partidos são o de pior que temos hoje em dia todos veem, sabem mas ignoram.

  3. Esta mais do que explicado de onde vem os frequentadores da cracolandia.
    O acidente ocorrido mostrou claramente a solução do problema, derrubar tudo que está abandonado no centro da cidade e criar áreas verdes.

  4. Só para deixar o registro, todos os ex-prefeitos que passaram pela comando da cidade e nada fizeram, prevaricaram…
    Com essa papo mi mi mi que se pedir a reintegração de posse, irá manchar a sua imagem pública…
    Tanto a retórica de acusação como a falta de ação é coisa de esquerdista vagabundo e medroso.
    Eu quero ver um cabra macho ou uma mulher de verdade, chegar e pedir a reintegração de posse conforme os instrumentos disponíveis através das nossas leis.

    1. Adilson, com todo respeito faltou: SE NECESSÁRIO FOR, O APARELHO REPRESSIVO DE ESTADO, conhecido como POLÍCIA, SERÁ ACIONADO.

  5. Ô burro: é ocupar sim. Os prédios tem dono — mas estavam vazios. Ocupar algo que tem dono, mas vazio. Invadir para o caso específico é semanticamente errado.
    Na guerra você ocupa território do inimigo, mas invade uma cidade. Mas quando a domina, após invadir (cheia de gente) aí você ocupa submetendo seus poderes.
    Deixa de ser burro, querendo SIMPLIFICAR os ricos recursos lingüísticos de um idioma.

  6. Não é no mínimo muito estranho um incêndio destas proporções num prédio sem nenhum equipamento de segurança gerar tão poucas mortes (uma até agora!) e, pasmem, nenhum ferido, nem com queimaduras ou escoriações leves? É só uma pergunta.

    1. Ô burro: é ocupar sim. Os prédios têm dono — mas estavam vazios. Ocupar algo que tem dono, mas vazio. Invadir para o caso específico é semanticamente errado.
      Na guerra você ocupa território do inimigo (aos poucos e em avanço), mas invade uma cidade. Mas quando a domina, após invadir (cheia de gente) aí você ocupa submetendo seus poderes. Deixa de ser burro, você está querendo SIMPLIFICAR os ricos recursos lingüísticos de um idioma. E JORNALISTA não são burros. Sabem urilizar o idioma.

  7. 45782 famílias x 400 reais de mensalidade = 18.312.800,00 todo mês.
    Tira aí os custos com os trabalhadores voluntários (portaria, limpeza, etc) – 0,00 reais.
    Vou começar a invadir terrenos alheios.
    Parece um ótimo negócio.

  8. No dia 6 de outubro de 1968, após assalto à mão armada ao Banco Banespa da Rua Iguatemi, em São Paulo, a assaltante vulgarmente conhecida como Dona Vanda, usando técnicas de terrorismo e portando um revólver de calibre 38 em mãos, conseguiu fugir com seus comparsas, roubando a vultosa quantia de 80 mil Cruzeiros Novos.

    Dois anos depois, em 16 de janeiro de 1970, a terrorista (então chamada Dona Luíza) foi finalmente capturada pela Operação Bandeirantes e após ter sido presa e torturada, confessou ter planejado minuciosamente o assassinato do Capitão Chandler e o assalto ao Quartel da Força Pública do Barro Branco, entre outros.

    1. TA ESCONDENDO MM! NEM SEM –TETO GRITANDO QUE PAGAVA ALUGUEL DE R$ 500,00 EM UM IMOVEL DA UNIAO, A REPORTER FEZ UMA SIMPLES PERGUNTA? PRA QUEM? MUDOU RAPIDAMENTE DE ASSUNTO! VI ISSO HA POUCO NO JORNAL DA CULTURA! RIDICULO! AINDA ENTREVISTA UM IMBECIL DE UM PROFESSOR DA MAKENZIE QUE FALA EM USAR A AREA PRA UM MEMORIAL! A PROPOSTA ERA TAO ESDRUXULA QUE O CONDÉ TENTOU REMEDIAR!

  9. Já que o site está lançando uma nova revista independente, sugiro que façam uma matéria investigativa em cima dessas ocupações. Deve haver MAIS UM mega esquema de corrupção envolvendo inclusive autoridades. MP disse que não tinha visto nada de errado no prédio que caiu! A prefeitura é conivente com as ocupações! Os “cobradores de alugueis” devem estar molhando a mão de muita gente. E pela quantidade de invasões, é MUITA GRANA! E DEVE TER POLÍTICO ENVOLVIDO! NÃO EXISTE FALCATRUA NESSE PAÍS QUE NÃO TENHA POLÍTICO NO MEIO!

  10. Conheço uma Agência bancária no centro que praticamente não tem clientes dentro da agência – e olha que banco vazio é coisa rara – graças a uma “ocupação” que fica na esquina do banco.
    Segundo relatos os coordenadores da ocupação ficam com armas na cintura
    Quando me contaram a respeito das armas achei exagero, porém depois dos relatos de cobrança de alugueres e comparação com milícias percebi que faz sentido.
    Cadê a polícia?
    Que tal darem uma volta pela Rua Conselheiro Nébias em São Paulo SP (é perito do local da tragédia) e constatarem.
    Nota: Os pobres “ocupantes” têm mini parabólicas de TV a cabo.

  11. Está na hora do povo paulista ter mais um pouco de amor próprio…
    Saber que nossa gente tem mais de 500 anos de história e que sim, nós paulistas temos i direito de lutar pelos interesses da nossa terra e da preservação da nossa cultura.
    São Paulo tem que parar de ser o saco de pancada do Brasil!
    Tem que dar um basta aos migrantes que nada tem a acrescentar de bom para a terra dos bandeirantes.
    Um pouco de bairrismo seria extremamente útil para salvar São Paulo.

    1. Edmar, o sobrenome de nenhum desses indivíduos mencionados se encontra no Livro “Nobliarquia Paulistana”, portanto, NÃO SÃO PAULISTAS.
      E sim, nós paulistas temos pleno direito de selecionar imigrantes a dedo.

    2. O sangue de nós paulistas Quatrocentões é 80% indígena, seu espertinho.
      Somos os legítimos donos dessa terra, e você nada sabe sobre quem eram ou como viviam as inúmeras tribos indigenas do Brasil.

    3. NAO ME DIGA QUE O BOULOS, PARTE DA CUPULA DA IGREJA CATOLICA, DA OAB, DE DIRIGENTES DE ONGS… QUE INCITAM E APOIAM AS INVASOES, TB SAO IMIGRANTES! VC QUER PEGAR O LADRAO DE GALINHA E DEIXAR QUEM ROUBOU O GALINHEIRO SOLTO! INFORME-ME ANTES DE FALAR TANTA ASNEIRA!

    4. Terra dos Bandeirantes? Achei que tudo fosse território dos índios…Esses filhotes de imigrantes usurpadores serem contra os demais imigrantes é de uma hipocrisia sem limites. Volta pra terra dos seus ancestrais, imbecil! Europa ou África! Deixe o Brasil para os índios então!

  12. as invasões nos mananciais a Globo não divulga. Os loteamentos estão lá para qualquer um ver. Lá o Robocop não pode sobrevoar?
    Tem algum interesse num futuro próximo?

  13. São R$ 18 MILHÕES por mês aproximadamente de faturamento dessa QUADRILHA de vagabundos invasores!
    Tem muita autoridade pública faturando com isso! Tem muito advogado da OAB, Defensor Público, Promotor, Policial, Fiscal de Prefeitura, Juiz, Desembargador… faturando com isso! Isso é uma INDÚSTRIA! É muita grana envolvida para essa turma não saber da existência disso!