Treze mortos em 24 horas no estado do Rio

Treze pessoas morreram nas últimas 24 horas no estado do Rio em decorrência de brigas entre facções de traficantes, informa a Folha.

Em Queimados, na Baixada Fluminense, foram sete mortos –cinco baleados em um tiroteio entre grupos rivais de bandidos e os outros dois durante uma operação do 24º Batalhão da PM .

Outras seis pessoas foram encontradas mortas numa casa em Mangaratiba, e a polícia desconfia que tenha sido um “acerto de contas” do tráfico local.

A intervenção federal na segurança do Rio continuará tendo muito trabalho.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 30 comentários
  1. Finalmente, a intervenção tá dando resultado e bandidos estão indo comer grama pela raiz! E conseguiram isso, sem dar um tiro. Mesmo assim, os meliantes caem as dezenas de maduro, repletos de sementes de chumbo!

  2. É uma etapa que o Rio está passando para melhorar.Hoje prenderam um grande contrabandista de armas para o Rio, Inúmeras Granadas, Fuzis e munições nas favelas do Rio, a operação está dando resultados alvissareiros.

  3. É POUCO TEM QUE SER MAIS……………………………………………………………………………………………………………..
    PRA QUE ESSE POVO SERVE????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
    PRA NADA.

  4. TRIBUTO AO DR. MODESTO CARVALHOSA. DR MODESTO CARVALHOSA TEVE A CORAGEM DE DIZER AQUILO QUE TODO BRASILEIRO HONESTO TERIA VONTADE DE DIZER: “GILMAR MENDES É UM MARGINAL.” https://www.facebook.com/modestocarvalhosa/

  5. A solução final pro RJ é soltar várias bombas nucleares, pra torrar – calcinar e vaporizar tudo.
    Depois passe o trator em cima e comece do zero…………Aqui lá em um povo no final de seu estado de degeneração.

  6. A Defensoria Pública do Rio pediu entrou na Justiça nesta quarta-feira (20) com um pedido de liminar para impedir o uso de aeronaves para disparar tiros em operações policiais em favelas ou locais densamente povoados. –

  7. Oh Edpecialista em Segurança,
    Tu não entende nada de segurança,melhor ficar calado.
    O General disse ontem em entrevista que está a maior burocracia para receber verba federal, para combater a violência no Rio.Se tu és mágico ensine ao Exército com agir sem grana.

  8. “Números da violência no Rio se assemelham aos de países em guerra”. [g1.globo.com/2017/05/09]
    “A violência no Brasil mata mais que a guerra na Síria”. [https://brasil.elpais.com/2017/12/11]
    “Rio tem 15 homicídios dolosos por dia em 2018;” [https://noticias.uol.com.br/2018/04/04]

  9. Fernando,
    O General disse ontem que a verba do governo Federal ainda não chegou nas mãos do Exército, se tu és mágico ensine ao Exército como controlar o Rio sem dinheiro.

  10. Dezenas de mortos no RJ?
    Qual o espanto?
    Esta é a condicão normal de “temperatura e pressão” naquele lugar.
    É o usual.
    Espanto seria não haver dezenas de assassinatos por lá a todo instante.

  11. A intervenção militar fracassou, a violência só aumentou no Rio, chegou a hora de Temer reconhecer a sua derrota e retirar as tropas. Os militares são incapazes de enfrentar os traficantes, eles devem se preocupar em fiscalizar as nossas fronteiras para evitar a entrada de drogas, armas e munições.

  12. Eu moro no Rio e não senti nem uma mudança com a intervenção, o medo da criminalidade continua o mesmo ou mais. Se não agir com força, com ação de guerra, não vai adiantar nada, é jogar dinheiro fora e desgastar o exército.

  13. Não estou entendendo, a intervenção federal do exército no Rio de Janeiro já matou 432 traficantes e 538 criminosos, prendeu 1626 marginais, apreendeu centenas de fuzis, revólveres, metralhadoras e a criminalidade não cai. Imprecionante esse Rio, se errei colocando número a menos me desculpem.

  14. O destino é o Ser do Herói, e junto à Verdade, só ele tem de experimentar esse ser pelo sofrimento, transformar-se em tal experiência e, em tal transformação, realizar esse ser. Nesta realização, o destino da Pátria pode vir a se concretizar. A sobrevivência da Pátria passa pela eliminação do Mal!

  15. SE o estatuto do desarmamento não existisse e esta família pudesse e tivesse armas legais em casa, NÃO ESTARIA MORTA.
    não é a primeira vez que familia inteira é exterminada noRio
    .
    A intervenção militar é de mentira, NÃO SE FALA EM RECOMPOR O NUMERO DE POLICIAIS
    .
    ACABOU O ESTADO