Vítima da sociedade mata

O Estadão:

“Um adolescente de 14 anos se entregou à Polícia Civil do Rio, dizendo ter matado o professor peruano Carlos Patricio Samanez, de 62 anos, na Quinta da Boa Vista, na última segunda-feira. O adolescente mora na Mangueira, bairro vizinho à Quinta, e contou aos pais ter cometido o crime. Os pais, então, levaram o rapaz à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, que informou a Delegacia de Homicídios da capital, responsável por investigar o caso.”

Mais uma vítima da sociedade capitalista mata um burguês que provavelmente deve ter provocado o menor.

Foram duas facadas nas costas.

A polícia acha que o adolescente está protegendo o verdadeiro autor do crime, maior de idade.

O Estatuto da Criança e do Adolescente também protege as vítimas da sociedade capitalista acima de 18 anos.

Faça o primeiro comentário