salvar

“Não é o Rodrigo que tem que ficar construindo base para o governo”

Rodrigo Maia recebeu o apoio de líderes partidários para pisar no freio e diminuir seu protagonismo na articulação política da reforma da Previdência.

Arthur Lira, líder do PP na Câmara, disse a O Antagonista que ele mesmo orientou Maia a "cumprir apenas seu papel constitucional" de presidir a Casa e fazer a reforma tramitar, mas "não exercer uma função que é do governo"...

Ver mais