Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Últimas notícias: Campanhas

Ira para página 2: https://www.oantagonista.com/brasil/pagina/2/
Carregar mais noticias

Somos uma nação de gente estúpida

Uma pesquisa telefônica do Centro Integrado de Pesquisa e Comunicação (Cipec), feita na semana passada, perguntou aos entrevistados quem era o mais honesto: se Lula, Jair Bolsonaro ou Sergio Moro (foto). Quase 50% dos entrevistados(49,4%) responderam que era Lula; 26,4% disseram que era Jair Bolsonaro; 24,2% afirmaram que era Sergio Moro. Uma pesquisa divulgada dias antes pela Qaest chegou ao mesmo ranqueamento, ao indagar quem era o melhor candidato para combater a corrupção...

Ver mais
Leia as últimas notícias
Leia todas as publicações em despertador do Diogo

Somos uma nação de gente estúpida

Uma pesquisa telefônica do Centro Integrado de Pesquisa e Comunicação (Cipec), feita na semana passada, perguntou aos entrevistados quem era o mais honesto: se Lula, Jair Bolsonaro ou Sergio Moro (foto). Quase 50% dos entrevistados(49,4%) responderam que era Lula; 26,4% disseram que era Jair Bolsonaro; 24,2% afirmaram que era Sergio Moro. Uma pesquisa divulgada dias antes pela Qaest chegou ao mesmo ranqueamento, ao indagar quem era o melhor candidato para combater a corrupção...

Ver mais

O desafio de Sergio Moro

De acordo com o que noticia Diogo Mainardi, o pré-candidato Sergio Moro (foto), que anunciará em novembro a sua disposição de disputar a eleição presidencial de 2022, conta com o ex-governador Paulo Hartung, economista de formação, para elaborar um plano de governo. É um bom nome, pelas qualidades que demonstrou ter ao administrar o Espírito Santo e por ser capaz de atrair gente qualificada na área econômica para o entorno de Sergio Moro. Paulo Hartung é defensor da responsabilidade fiscal e das reformas tributária e administrativa de verdade, não esses remendos que o governo Jair Bolsonaro anda fazendo com o Centrão, na base do me engana que eu gosto. Ele também enxerga na transição ecológica uma enorme oportunidade para o Brasil...

Ver mais

O império dos salteadores

A PEC da vingança, ou a PEC do Gilmar, em tramitação na Câmara, que pretende não apenas tolher a ação do Ministério Público, como até mesmo enterrar investigações promovidas por procuradores, por meio da alteração da composição do Conselho Nacional do Ministério Público, pode ir a votação nesta semana, para aproveitar a letargia causada pelo feriado. O método da caluda inaugurado por Rodrigo Maia, aquele paladino da Justiça que agora serve ao governo de João Doria, é seguido de maneira ainda mais desavergonhada por Arthur Lira (foto no destaque)...

Ver mais
Leia mais opiniões
Leia as últimas notícias
Leia mais notícias sobre Covid-19
Assista a mais vídeos
Na Tudo Sobre, você encontrará informações sobre as mais diversas personalidades do cenário político brasileiro. Jair Bolsonaro e seu clã, Sergio Moro, Lula e outras figuras importantes terão suas histórias contadas nessa seção informativa do O Antagonista.
Mais lidas

Somos uma nação de gente estúpida

Uma pesquisa telefônica do Centro Integrado de Pesquisa e Comunicação (Cipec), feita na semana passada, perguntou aos entrevistados quem era o mais honesto: se Lula, Jair Bolsonaro ou Sergio Moro (foto). Quase 50% dos entrevistados(49,4%) responderam que era Lula; 26,4% disseram que era Jair Bolsonaro; 24,2% afirmaram que era Sergio Moro. Uma pesquisa divulgada dias antes pela Qaest chegou ao mesmo ranqueamento, ao indagar quem era o melhor candidato para combater a corrupção...

Ver mais

Bolsonaro deve anunciar Auxílio Brasil de R$ 400 em cerimônia no Planalto

Jair Bolsonaro deve anunciar ainda hoje, em cerimônia no Palácio do Planalto, um Auxílio Brasil temporário até dezembro de 2022 com valor médio de R$ 400. O programa sucederá o Bolsa Família e a equipe econômica ainda não sabe como custearia o benefício no ano seguinte. Sedento pela reeleição, o presidente pressionou os auxiliares para garantir um valor maior em ano eleitoral para os mais pobres...

Ver mais

Bolsonaro é "o principal responsável" pelos erros durante a pandemia, diz relatório de Renan

Na versão preliminar de seu relatório da CPI da Covid, à qual O Antagonista teve acesso, Renan Calheiros disse estar convencido de que Jair Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade e deve responder por isso. O documento, que começou a vazar no fim de semana, provocando uma crise interna na CPI, tem 1.178 páginas e foi, enfim, entregue por Renan aos integrantes do colegiado. O relator sugere, como noticiamos, 72 indiciamentos. O nome de Jair Bolsonaro é citado 79 vezes...

Ver mais

Em relatório, Renan acusa Bolsonaro de genocídio de indígenas na pandemia

Na versão preliminar de seu relatório da CPI da Covid, à qual O Antagonista teve acesso, Renan Calheiros decidiu pedir o indiciamento de Jair Bolsonaro e mais quatro pessoas por genocídio de indígenas na pandemia. O documento, que começou a vazar no fim de semana, provocando uma crise interna na CPI, tem 1.178 páginas e foi, enfim, entregue por Renan aos integrantes do colegiado. O relator sugere, como noticiamos, 72 indiciamentos e trata Bolsonaro como "o principal responsável" dos erros cometidos pelo governo federal...

Ver mais
TOPO
×
Oferecimento....