salvar

ENTREVISTA: Para Temer, troca de votos por emendas e cargos “faz parte da democracia”

Jair Bolsonaro assumiu o governo prometendo o fim do "toma lá, dá cá". Em seu primeiro grande teste, a votação da reforma da Previdência na Câmara, o presidente acabou se valendo da liberação de emendas impositivas e da distribuição de cargos federais no segundo escalão para garantir a aprovação da proposta.

Perguntamos a Michel Temer se ele acha que Bolsonaro conseguirá votar alguma coisa sem emendas e cargos colocados à mesa das negociações.

Na entrevista a O Antagonista, o ex-presidente respondeu assim...

Ver mais