salvar

O cérebro político de Lula e Bolsonaro

Mario Sabino, na Crusoé: Sinto dizer, senhores, mas o duplamente condenado Lula está certo quando disse com todas as letras que ele e o PT precisam partir para a polarização, e que não é, não, sinônimo de "extremismo político e ideológico”. Eu incluiria o advérbio “necessariamente” na afirmação: não é necessariamente sinônimo de extremismo político e ideológico. E Lula acrescentou:
"Aos que criticam ou temem a polarização, temos que ter a coragem de dizer: nós somos, sim, o oposto de Bolsonaro. Não dá para ficar em cima do muro ou no meio do caminho: somos e seremos oposição a esse governo de extrema-direita que gera desemprego e exige que os desempregados paguem a conta.
Calma, gente, não me tornei um lulopetista. Jair Bolsonaro também tem razão ao responder com virulência ao oponente: “Está solto, mas continua com todos os crimes dele nas costas. Não vamos dar espaço e nem contemporizar com um presidiário...

Ver mais