salvar

General Mourão não descarta intervenção militar se o Judiciário for “atacado”

A Crusoé publica uma entrevista esclarecedora com o general Hamilton Mourão, vice de Jair Bolsonaro.

Mourão afirma que não há espaço para intervenção militar, mas diz que o "estado de defesa"  e o "estado de sítio" podem ser decretados, caso isso seja preciso para enfrentar o crime organizado e se o Judiciário "não cumprir mais a sua missão porque está sendo atacado".

Leia o trecho:

"Qual é a opinião do senhor sobre a ideia de intervenção militar e como os senhores agiriam em caso de crise?...

Ver mais