salvar

Mais uma pedra no caminho do acordo de Joesley

Apesar da disposição da PGR de repactuar o acordo de colaboração de Joesley Batista, o empresário agora tem mais um obstáculo para acertar as contas com a Justiça: o ex-amigo Lúcio Funaro.

Em dezembro, a esposa e a irmã do doleiro comunicaram a Edson Fachin, relator da delação no STF, que estão sendo sendo pressionadas quitar uma mansão que ele adquiriu de Joesley e onde mora com a família. A cobrança, que elas consideram indevida, é de R$ 2,8 milhões...

Ver mais