salvar

Boulos e a sua megafavela de manobra

Enquanto a doutrinação se intensifica nas escolas, os agitadores profissionais, como Guilherme Boulos, continuam agindo impunemente, como enfatiza um editorial do Estadão:


"A invasão de um terreno de 1 milhão de metros quadrados, em Sumaré, no interior do Estado, além de impressionar pelo tamanho da área ocupada, resume bem o modo de agir e pensar do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST): total e arrogante desprezo pela lei...

Ver mais