Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Últimas notícias: Piso salarial

Carregar mais noticias
Visualize mais webstories…

Fique à vontade, Maranhãozinho, a impunidade venceu

No país que condena pobre esfaimado a ser preso por roubar pote de manteiga ou quebrar lacre de registro para conseguir água, um Josimar de Maranhãozinho pode cair de boca em dezenas de milhões de reais de verbas de emendas parlamentares, destinar a bufunfa para si próprio por meio de empresas de fachada que prestariam serviços a prefeituras e, por fim, esbaldar-se com bolsas, mochilas e pacotes de dinheiro vivo. É o que mostra -- com imagens -- a estarrecedora reportagem de capa da Crusoé, assinada por Rodrigo Rangel e Paulo Cappelli. A estimativa é que, no total, o deputado ladrão tenha desviado mais de 100 milhões de reais para o seu esquema. Como definiu a revista, é um escracho...

Ver mais
Leia as últimas notícias
O despertador do Diogo

O lado certo

Dois meses atrás, publiquei na Crusoé: “Sergio Moro vai vencer em 2022. É o futuro presidente do Brasil”. A imprensa, na época, desprezava suas chances, assim como os quadrilheiros, os analistas do mercado financeiro e as empresas de consultoria. Por isso, tive de explicar meu prognóstico: “Há um fator que pode empurrar Sergio Moro para o Palácio do Planalto, e que as pesquisas ainda escondem: a integridade pessoal...

Ver mais
Leia todas as publicações em despertador do Diogo

Fique à vontade, Maranhãozinho, a impunidade venceu

No país que condena pobre esfaimado a ser preso por roubar pote de manteiga ou quebrar lacre de registro para conseguir água, um Josimar de Maranhãozinho pode cair de boca em dezenas de milhões de reais de verbas de emendas parlamentares, destinar a bufunfa para si próprio por meio de empresas de fachada que prestariam serviços a prefeituras e, por fim, esbaldar-se com bolsas, mochilas e pacotes de dinheiro vivo. É o que mostra -- com imagens -- a estarrecedora reportagem de capa da Crusoé, assinada por Rodrigo Rangel e Paulo Cappelli. A estimativa é que, no total, o deputado ladrão tenha desviado mais de 100 milhões de reais para o seu esquema. Como definiu a revista, é um escracho...

Ver mais

A tungada do imposto sindical obrigatório está mais próxima

Há dois anos, em 9 de dezembro de 2019, publiquei a seguinte notícia: "O governo bateu o martelo: vai propor mesmo a volta do imposto sindical, sob outro nome -- como se tirar a palavra "imposto" do nome mudasse o fato de praticamente ser um roubo institucionalizado. O texto foi elaborado por membros do Grupo de Altos Estudos do Trabalho, ligado ao Ministério da Economia e sob a batuta de Rogério Marinho. Será uma PEC, acompanhada de projeto de lei para alterações legislativas infraconstitucionais...  

Ver mais
Leia mais opiniões

"Essa conversa de que o Brasil não vai crescer é conversa de maluco", diz Guedes

Após o Produto Interno Bruto (PIB) registrar queda de 01,% no terceiro trimestre, Paulo Guedes afirmou que a "conversa de que o Brasil não vai crescer é conversa de maluco". A declaração foi feita em evento de comemoração de 10 anos de concessões aeroportuárias no Brasil. Segundo ele, o país tem R$ 700 bilhões de contratos assinados para investimentos em infraestrutura, o que contribuirá para o crescimento econômico...

Ver mais
Leia as últimas notícias
Leia mais notícias sobre Covid-19
Assista a mais vídeos
Na Tudo Sobre, você encontrará informações sobre as mais diversas personalidades do cenário político brasileiro. Jair Bolsonaro e seu clã, Sergio Moro, Lula e outras figuras importantes terão suas histórias contadas nessa seção informativa do O Antagonista.
Mais lidas

Fique à vontade, Maranhãozinho, a impunidade venceu

No país que condena pobre esfaimado a ser preso por roubar pote de manteiga ou quebrar lacre de registro para conseguir água, um Josimar de Maranhãozinho pode cair de boca em dezenas de milhões de reais de verbas de emendas parlamentares, destinar a bufunfa para si próprio por meio de empresas de fachada que prestariam serviços a prefeituras e, por fim, esbaldar-se com bolsas, mochilas e pacotes de dinheiro vivo. É o que mostra -- com imagens -- a estarrecedora reportagem de capa da Crusoé, assinada por Rodrigo Rangel e Paulo Cappelli. A estimativa é que, no total, o deputado ladrão tenha desviado mais de 100 milhões de reais para o seu esquema. Como definiu a revista, é um escracho...

Ver mais
TOPO
×
Oferecimento....