salvar

Adélio quis Lula e Maria do Rosário como testemunhas de defesa

A defesa de Adélio Bispo de Oliveira tentou chamar como testemunhas em seu favor o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a deputada Maria do Rosário e o ex-BBB Jean Wyllys.

Também queria que falassem em seu favor o jornalista Reinaldo Azevedo e a cantora Preta Gil.

O objetivo era mostrar que o comportamento de Jair Bolsonaro -- criticado por todas essas testemunhas -- teria contribuído para o atentado, motivando Adélio a praticar o crime...

Ver mais