salvar

Lava Jato de SP acusa ex-diretores da Dersa por rombo de R$ 593 milhões em obras viárias

A Lava Jato de São Paulo entrou hoje com uma ação de improbidade administrativa contra os ex-diretores da Dersa Paulo Preto, Dario Rais Lopes e Mário Rodrigues, o ex-diretor da Emurb Marcelo Cadinale Branco e 18 empreiteiras por supostas fraudes no Rodoanel e outras obras viárias do governo e da Prefeitura de SP. O prejuízo, segundo o MPF, chegou a R$ 593 milhões...

Ver mais