Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Últimas notícias: Sergio Moro

Sergio Moro é ex-ministro da Justiça e Segurança Pública e ex-juiz federal. Ele ficou mundialmente conhecido pela sua atuação na 13ª Vara Criminal de Curitiba, responsável pela força-tarefa que conduziu a operação Lava-Jato, uma das maiores iniciativas de combate à corrupção e lavagem de dinheiro da história recente do nosso país, que teve início em 2014.

Durante sua atuação como juiz federal, Moro condenou figuras importantes do cenário político brasileiro, como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. Além de Lula, ele também condenou figuras como o ex-presidente da Câmara dos deputados, Eduardo Cunha, o doleiro Alberto Youssef bem como os ex-ministros José Dirceu e Antonio Palocci.

Sergio Moro entregou o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública em abril de 2021, acusando o presidente Jair Bolsonaro de interferência política na Polícia Federal. Em novembro de 2021, Sergio Moro filiou-se ao Podemos e lançou pré-candidatura à Presidência da República nas eleições de 2022. Ele se coloca como nome da Terceira Via, em alternativa a Jair Bolsonaro e a Lula.

IMAGEM: O fracasso do Brasil (e da União Brasil)

O fracasso do Brasil (e da União Brasil)

Ira para página 2: https://www.oantagonista.com/despertador/pagina/2/
Carregar mais noticias
Visualize mais webstories…

A espada de Queiroz na cabeça de Bolsonaro

Cadê o Queiroz? Ele está em Brasília, circulando livremente - e registrando todos os seus movimentos no celular. “O novo comportamento de Fabrício Queiroz é de altíssima relevância política”, diz a reportagem de capa da Crusoé. “Já seria no mínimo curioso vê-lo circulando lépido e fagueiro por Brasília, depois de passar tanto tempo nas sombras com a ajuda conveniente de pessoas do entorno do presidente. Mas é mais do que isso...

Ver mais

O fracasso do Brasil (e da União Brasil)

A União Brasil morreu antes de nascer. A sabotagem de ACM Neto à candidatura de Sergio Moro provou que a fusão entre PSL e DEM só era boa para o DEM. O novo partido tinha a chance de apostar num caminho igualmente novo. Em vez disso, foi engolido pelo velho caciquismo carlista, intencionado a usar o cofre de Luciano Bivar, cheio de dinheiro público, para se tornar ainda mais forte em outubro, elegendo sua turma e expurgando todo o resto...

Ver mais

Alvarez & Marsal reage: "Ilações sobre Moro revelam profundo desrespeito e absoluto desconhecimento"

A Alvarez & Marsal, para a qual Sergio Moro prestou consultoria por 10 meses, reagiu ao que chamou de 'distorções e ilações' que estão sendo feitas com base nas informações fornecidas ao TCU. Em comunicado enviado a O Antagonista, ela afirma que "não existe" qualquer conflito de interesse na nomeação como administradora judicial da Odebrecht ou de outras companhias investigadas pela Lava Jato...

Ver mais
Leia as últimas notícias
O despertador do Diogo

O fracasso do Brasil (e da União Brasil)

A União Brasil morreu antes de nascer. A sabotagem de ACM Neto à candidatura de Sergio Moro provou que a fusão entre PSL e DEM só era boa para o DEM. O novo partido tinha a chance de apostar num caminho igualmente novo. Em vez disso, foi engolido pelo velho caciquismo carlista, intencionado a usar o cofre de Luciano Bivar, cheio de dinheiro público, para se tornar ainda mais forte em outubro, elegendo sua turma e expurgando todo o resto...

Ver mais
Leia todas as publicações em despertador do Diogo

Dilma é culpa sua, Lula

Lula (à esquerda na foto) faz de tudo para esconder Dilma Rousseff (à direita na foto) no armário, juntamente com os esqueletos da corrupção desenfreada e o apoio às ditaduras em Cuba e Venezuela. Como publicamos, em entrevista à CBN Vale do Paraíba, ele afirmou o seguinte: “O tempo passou, tem muita gente nova no pedaço e eu pretendo montar o governo com muita gente nova, muita gente importante e com muita experiência também...

Ver mais

O horror depois da morte de Olavo de Carvalho

Fico genuinamente horrorizado quando vejo alguém comemorando a morte de um adversário ou a doença de um desafeto. Para mim, a reação é medida de caráter e formação. Quem festeja a morte de Olavo de Carvalho (foto), por mais deletério que o guru de Jair Bolsonaro tenha sido, inclusive em relação ao combate ao vírus que talvez o matou, mostra a mesma flacidez moral de quem comemorou o câncer de Lula ou de Dilma Rousseff. Do lado da esquerda, houve também quem festejasse a facada em Jair Bolsonaro, durante a campanha de 2018...

Ver mais
Leia mais opiniões
Leia as últimas notícias
Leia mais notícias sobre Covid-19
Assista a mais vídeos
Na Tudo Sobre, você encontrará informações sobre as mais diversas personalidades do cenário político brasileiro. Jair Bolsonaro e seu clã, Sergio Moro, Lula e outras figuras importantes terão suas histórias contadas nessa seção informativa do O Antagonista.
Mais lidas

A espada de Queiroz na cabeça de Bolsonaro

Cadê o Queiroz? Ele está em Brasília, circulando livremente - e registrando todos os seus movimentos no celular. “O novo comportamento de Fabrício Queiroz é de altíssima relevância política”, diz a reportagem de capa da Crusoé. “Já seria no mínimo curioso vê-lo circulando lépido e fagueiro por Brasília, depois de passar tanto tempo nas sombras com a ajuda conveniente de pessoas do entorno do presidente. Mas é mais do que isso...

Ver mais

O fracasso do Brasil (e da União Brasil)

A União Brasil morreu antes de nascer. A sabotagem de ACM Neto à candidatura de Sergio Moro provou que a fusão entre PSL e DEM só era boa para o DEM. O novo partido tinha a chance de apostar num caminho igualmente novo. Em vez disso, foi engolido pelo velho caciquismo carlista, intencionado a usar o cofre de Luciano Bivar, cheio de dinheiro público, para se tornar ainda mais forte em outubro, elegendo sua turma e expurgando todo o resto...

Ver mais

Alvarez & Marsal reage: "Ilações sobre Moro revelam profundo desrespeito e absoluto desconhecimento"

A Alvarez & Marsal, para a qual Sergio Moro prestou consultoria por 10 meses, reagiu ao que chamou de 'distorções e ilações' que estão sendo feitas com base nas informações fornecidas ao TCU. Em comunicado enviado a O Antagonista, ela afirma que "não existe" qualquer conflito de interesse na nomeação como administradora judicial da Odebrecht ou de outras companhias investigadas pela Lava Jato...

Ver mais
TOPO
×
Oferecimento....