Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Saiba tudo sobre Marília Mendonça

A cantora sertaneja, conhecida como a "rainha da sofrência", foi vítima de um acidente aéreo fatal nesta sexta-feira
Saiba tudo sobre Marília Mendonça
Reprodução/Instagram

A morte do fenômeno do sertanejo Marília Mendonça, a “Rainha da Sofrência”, chocou o país nesta sexta-feira (5). Ela foi vítima de um acidente aéreo em Caratinga, no interior de Minas Gerais. A aeronave transportava outras quatro pessoas, que também não sobreviveram.

A cantora, que tinha mais de 36 milhões de seguidores no Instagram e 22 milhões de inscritos no YouTube, deixa o filho Léo, de menos de dois anos, e o noivo, Murilo Huff.

Carreira

Nascida em 1995, em Cristianópolis, em Goiânia, Marília teve seu primeiro contato com a música na igreja. Desde então, destacou-se por sua voz forte e inconfundível.

Quando ainda tinha 12 anos, começou a compor. Anos mais tarde, essa seria sua porta de entrada para o ramo artístico. Como compositora, Marília produziu sucessos para uma série de ícones do mundo sertanejo.

Entre eles, “Minha Herança”, gravada por João Neto & Frederico; “Muito Gelo, Pouco Whisky”, cantada por Wesley Safadão; “Cuida Bem Dela”, para Henrique e Juliano; e “É Com Ela que Estou”, para Cristiano Araújo.

Marília iniciou sua carreira como cantora em 2014, aos 19 anos, quando lançou o primeiro EP. No ano seguinte, ela lançou o single “Impasse”, que contou com a participação da dupla Henrique e Juliano.

A cantora teve uma ascensão meteórica em meio a uma nova onda do sertanejo universitário, o “feminejo”, que abriu espaço para artistas mulheres, como as duplas Simone e Simaria e Maiara e Maraísa.

O primeiro álbum foi lançado em 2016, intitulado “Marília Mendonça: Ao vivo”,  que apresentou ao público alguns de seus maiores sucessos, como “Infiel”. A música se tornou a quinta música mais tocada nas rádios do Brasil naquele ano.

Seu segundo CD, “Realidade” foi lançado em 2017. O álbum recebeu uma indicação ao Grammy Latino de Melhor Álbum Latino.

Nos anos seguintes, Marília manteve a sequência de sucessos, com músicas como “Amante Não Tem Lar” e “De Quem É A Culpa”.

A cantora foi a artista mais ouvida do Brasil no Spotify em 2019 e em 2020, com os hits “Todo Mundo Vai Sofrer” e “Supera”.

Antes do acidente fatal, Marília tinha 36 milhões de seguidores no Instagram e 22 milhões de inscritos no YouTube.

Acidente

Marília Mendonça tinha um show programado para às 21 horas de sexta-feira, 5 de novembro, no Parque de Exposições do município de Caratinga, a cerca de 300 quilômetros de Belo Horizonte.

Por volta das 15h30, a aeronave, que partiu do aeroporto de Goiânia, caiu em uma cachoeira na serra da cidade, perto de um dos acessos à rodovia BR-474, a cerca de 500 metros do destino.

Inicialmente, a assessoria da cantora informou que ela havia sobrevivido ao acidente. O resgaste, com Samu e Corpo de Bombeiros, no entanto, ainda estava em curso.

A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. O avião estava em situação regular e tinha autorização para fazer táxi aéreo.

Cerca de duas horas após o acidente, o Corpo de Bombeiros confirmou que Marília Mendonça havia morrido.

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais.”

Pouco depois, a assessoria da cantora voltou atrás, confirmando que ela havia morrido.

Comoção

A morte de Marília Mendonça comoveu o país. Artistas, políticos e fãs publicaram mensagens nas redes sociais.

O cantor Wesley Safadão, que já dividiu palcos com Marília, disse que a colega vai continuar a brilhar.

“Sua estrela brilhará para sempre, descanse em paz Marília Mendonça. Meus sentimentos aos familiares e amigos de todos que estavam no avião!”

A dupla Simone e Simaria afirmou em seu perfil oficial: “Deus só deixa ir embora aquilo que não nasceu pra ser nosso”.

A cantora Anitta disse:

“Gente pelo amor de Deus. A ficha não caiu até agora. Alguém diz que ainda há esperança. Uma das mulheres mais gente boa que cruzei a minha carreira.”

Neymar comentou: “Me recuso a acreditar, me recuso”.

O time de futebol Chapecoense, vítima de um acidente aéreo em 2016, também se solidarizou.

“Diante de tamanha dor, expressamos a nossa solidariedade e desejamos aos familiares e amigos da cantora Marília Mendonça e demais vítimas força e resiliência. Nossas orações estão com vocês.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO