A Semana em 5 Pontos: Fico ou não fico?

Diego Amorim nos conta o que esperar desta semana (assista ao vídeo abaixo):

1) Jair Bolsonaro começa a semana decidindo se demite ou não o ministro da Educação, Ricardo Vélez.

Após avaliar que a gestão da pasta “não está dando certo”, o presidente anunciou que hoje, segunda-feira, seria o dia do “fico ou não fico” do colombiano.

2) Amanhã, terça-feira, o relator da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, deputado Marcelo Freitas, apresentará seu parecer.

A tendência é que ele se manifeste pela admissibilidade da proposta. Eventuais mudanças no texto serão feitas na comissão especial, o próximo passo da tramitação.

A votação na CCJ está prevista para a próxima semana.

3) Na quinta-feira, Bolsonaro fará um balanço dos primeiros 100 dias do seu governo.

O Planalto já informou que, entre as medidas a serem anunciadas, está a revogação de 250 decretos em diversas áreas.

4) Ao longo da semana, Bolsonaro dará continuidade à sua agenda de encontros com dirigentes partidários para debater, principalmente, a reforma da Previdência.

Desta vez, ele receberá no Palácio do Planalto o presidente do Solidariedade, Paulinho da Força, e de outros quatro partidos: o próprio PSL, o PR, o PROS e o Avante.

5) Hoje Brasília começa a ser invadida por prefeitos de todo o país para a tradicional Marcha dos Prefeitos.

Não é à toa que o evento acontece na mesma semana em que Bolsonaro completa 100 dias de governo. Os prefeitos vão aproveitar para cobrar a reformulação do pacto federativo e a atualização de programas federais, com o Mais Médicos.

Bom dia e boa semana.

A SEMANA EM 5 PONTOS: Fico ou não fico? 02:12

Sua aposentadoria está ameaçada. SAIBA MAIS AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Morrow disse:

    Eu estava lendo os comentários. Que bom, que ótimo que a petezada esquerdopata lêem o Antagonista. Isto indica que muito breve saberão a diferença entre imprensa e blogues pagos pelos petistas.

Ler comentários
  1. Morrow disse:

    O Antagonista colocou um bom âncora agora. Dantas e Sabino são excelentes redigindo matérias....rsrs

  2. Fernando.W disse:

    Bozo vai conversar com o Paulinho da Força? Ih, aí tem! Vão combinar o toma lá, dá cá, o rachid. Bozonaristas não deviam deixar! Impeçam o Bozo de conversar com qq um! Ele vai ceder!

  3. Paulo disse:

    Até o Antagonista ignora as manifestações de domingo. Silêncio na imprensa.

    1. Acho que vocês estão falando mas não leram o Antagonista ontem. Mostrou as manifestções na Paulista, em BH, em Brasília! Mas bozonarista é como o PT, tb só falam mentiras contra a imprensa!

    2. Prova da compra dessa im-presta. Fingem q nada aconteceu.

  4. Annibal disse:

    A esquerda e a imprensa (q é a mesma coisa), fazendo fake e pressionando para derrubar o cara só por conta da despetização que ele está fazendo lá dentro daquele antro comunista.

  5. Marcelo disse:

    Bom dia e boa semana, de preferência sem restrições a "palavras sensíveis".

  6. Alexandre disse:

    É impressionante como o Bozo é inepto... Quando utilizou o combate à violência como mote de campanha, estava encobrindo a sua fraqueza. Pelo menos não é um canalha ladrão como o Lula.

  7. Jair disse:

    Só um abesta teria dúvidas em demitir o Colombia

  8. Kai disse:

    A mídia continuar a pautar o presidente quanto a demissão do Velez. Tirem o cavalo da chuva ele vai ficar.

  9. OPJ disse:

    Bolsonaro vai receber o Paulinho da força? Cuidado com a carteira presidente. Aí o jogo é pesado.

  10. Alexandre disse:

    É fato : Bozo não tem pulso, a não ser para fazer simulacro de arma com a mão.

  11. Ronald disse:

    Pacto Federativo é mandar dinheiro para prefeito roubar... vereadores maioria malandros e despreparados. Acho que a maioria dos recursos devem ficar nos municípios mas devem se estruturar em control

  12. Renato disse:

    As vezes, conversar com uma opositora honesta como a jovem Dep federal do PDT, daria a Bolsonaro uma visão mais ampla do MEC. E jovem mas estuda o assunto. E oposição leal.

  13. Renato disse:

    A máquina do MEC deu um nó tático ali. Há prazos. A moça do PDT não afrontou Velez. Ela cobrou planejamento e ação. Mas, sabe que o ministro e honesto. Bolsonaro poderia perguntar como agiria.